PUBLICIDADE

Página Principal : História


Conjuração Baiana: A Revolta dos Alfaiates



Diferentemente da Inconfidência Mineira, que foi organizada pela elite colonial, a Conjuração Baiana, também conhecida como Revolta dos Alfaiates, contou com a participação de pessoas de camadas sociais mais humildes. Eram alfaiates, soldados, mulatos, negros livres e escravos inconformados com a fome e a miséria.

Os objetivos desse movimento estavam mais voltados às aspirações do povo, reivindicando reformas contra as injustiças sociais e raciais da época.

Alguns homens ricos e cultos que participaram da Conjuração Baiana recuaram quando perceberam seu alcancem altamente popular.

Os revolucionários desejavam não somente romper com a dominação colonial portuguesa, mas também modificar a ? ordem social? interna do Brasil, que se baseava no trabalho escravo.

O projeto dos rebeldes baianos continha uma série de medidas importantes, e dentre elas estava a abolição da escravidão do negro.

Inspirados pelo ideal de Liberdade, Igualdade e Fraternidade que corria pela França, os Conjurados Baianos redigiram diversos panfletos que faziam propaganda do movimento e chamavam o povo a participar. Um deles dizia: ?Animai-vos povo baiense, que está para chegar o tempo feliz da nossa liberdade, o tempo em que todos seremos irmãos, o tempo em que todos seremos iguais.?



Veja mais em: História

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online