PUBLICIDADE

Página Principal : História


História da Alemanha



A história da Alemanha ou a história da evolução dos povos germânicos, desde o fim do Império Romano do Ocidente, é também a história de uma nação que durante muitos séculos, da sua génese até às mais recentes convulções e modificações, teve sempre uma grande dificuldade em estabelecer, de forma clara e definitiva, as suas fronteiras geograficas, assim como a sua identidade e unidade como país.

A história da Alemanha, sem nenhum tipo de exagero nacionalista, é ela mesmo a história da europa central, de todos os seus conflitos e transformações. Inevitavelmente, devido à sua importância no seio da europa, também os restantes países deste continente são arrastados para o turbilhão das suas mudanças políticas e de redefinição de fronteiras. As consequências da atribulada história da nação alemã irão refectir-se, de forma mais alargada, em todo o mundo e de uma forma mais restrita até aos países limítrofes europeus. Os chamados países periféricos da europa, nunca poderam assistir descansados a este comportamento bipolar de uma nação que ora se afirmava com um nacionalismo maníaco, ora entrava em declíneo, diminuindo-se às suas partes de território primárias, numa espécie de depressão redutora.

O pangermanismo e o belicismo prússiano, encontram-se em permanente oposição histórica, com a fragmentação e a tentativa de autonomia das regiões de língua germana, ora dominando uns, ora dominando outros. Todavia, a história da Alemanha, pouco mais é do que a história da Prússia e do seu desejo quase obssessivo de domínio dos territórios envolventes.

Assim, à Alemanha dos milagres económicos e do bem-estar, junta-se a Alemanha das violências de guerra e da crises políticas, militares e civis. À Alemanha desenvolvida e fortemente industrializada, contrapõe-se uma Alemanha destroçada, em ruínas e sofredora. Um país em permanente queda e ascenção, tal como a mítica Fénix, que renasce das suas cinzas para se converter numa ave temida e imponente.

Esta é a história dos Wittelsbach da Baviera, dos Honhenzollern de Brandeburgo, dos Habsburgos da Áustria, de Frederico Guilherme l, de Frederico ll, do Sacro Império romano-germânico, de Lutero, de Napoleão, de Bismark, de Guilherme, da República de Weimar, de Hitler, da R.F.A. e da R.D.A. e por fim da alemanha unificada.

BIBLIOGRAFIA- J. Droz, História da Alemanha, Publicações Europa-América, 1985


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Sacro Império Romano
- Primeira Guerra Mundial: As Origens.
- O Sacro Império Romano Germânico
- I Guerra Mundial
- Alemanha: A Reunificação
- A Divisão Do Mundo Pela Língua.-tese.
- Segunda Guerra: Reação à Depressão

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online