PUBLICIDADE

Página Principal : História


Bate-papo com os cobras dos descobrimentos



Imagine só se fosse possível reunir os papas dos grandes
descobrimentos em uma mesa redonda - o que sairia daí? Insultos? Parece
pouco provável.
Quase todos eles eram fidalgos de educação requintada. No máximo,
discordariam em alguns pontos históricos e geográficos. Auto-elogios?
A hipótese é aceitável - a vaidade fazia parte da personalidade de
cada um deles. Preciosidades da época? Com certeza, pois eles eram as
grandes manchetes do universo dos séculos XIII A XVI.
Que tal, então, usar da ficção, para colocá-los frente a frente e vê-los em ação, à luz de seus perfis e proezas oceânicas?
Pois aqui estão D. Henrique, Cristóvão Colombo, Fernão de Magalhães,
Vasco da Gama e Pedro Álvares Cabral - naipe dos mais respeitados
navegadores de todos os tempos.
Colombo, porque deu ao mundo a América. Magalhães, pelo pioneirismo
da circunavegação. Cabral, pela descoberta do Brasil. Vasco da Gama,
por ter sido o primeiro a chegar ao Oriente. E D. Henrique por ter sido
grande incentivador da expansão marítima de Portugal.
Falta-nos um âncora erudito e sereno para conduzir a mesa-redonda.
Para tanto, ninguém melhor do que aquele que cantou em versos os feitos
de nossos convidados. Com a palavra, Luís Vaz de Camões.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Conquista Da América
- LuÍs Vaz De CamÕes
- A Expansão Marítima Européia
- Fases Econômicas De Portugal E Espanha
- Nossa Historia.
- A Formação Do Reino De Portugal E Espanha
- Santarém, O Reduto De Cabral

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online