PUBLICIDADE

Página Principal : História


África Setentrional e Ocidental - Etnias e Línguas



Nas zonas desérticas a população está quase ausente, excepto nas áreas de exploração mineiras e petrolíferas tornando-se intensa nas zonas de clima temperado quente, fluviais e, nas áreas urbanas que correspondem em muitos casos às capitais dos respectivos estados.
Esta população é em grande parte muito jovem e apresenta taxas de crescimento particularmente elevadas sendo a esperança de vida baixa (mais ou menos 50 anos) e elevada mortalidade infantil. As condições higiénicas, sanitárias e alimentares são absolutamente precárias sendo uma constante a morte por turbeculose.
A nível cultural temos um panorama muito complexo. Muitas das línguas locais não têm expressão escrita e pertencem a duas grandes famílias:
-a sudanesa
, que compreende as línguas nilóticas do Sudão Central e Oriental.
-a banta
, que compreende as línguas cangolesas, o suaíli e outras.
Também muito difundidos estão os idiomas locais semíticos ou camíticos. Com as colonizações europeias a difusão do inglês, do francês,do português e do espanhol tornaram estas línguas as línguas oficiais em muitos estados.
Nas religiões predomina o animismo.
O islamismo pratica-se mais nas regiões setentrianais e em algumas centrais (Nigéria, Sudão, Quénia e Tanzânia).
Antes e depois das colonizações europeias, as missões introduziram o cristianismo.
A população que habita na África Setentrianal pertence ao Grupo Semita Árabe, enquanto na secção centro-sul encontram-se 3 grandes grupos étnicos: os Nilóticos, os Sudaneses e os Bantos.
Os Nilóticos fixaram-se na África Oriental e são o fruto de numerosos cruzamentos de várias etnías.
Os Sudaneses, ocupam as regiões entre o Sara e o Golfo da Guiné, de dicam-se à agricultura e à pecuária seminómada.
Tendo tido contacto com o mundo árabe, alguns destes povos abraçaram o islamismo enquanto outros (Bambaras, Dógones e Malincas) mantiveram as suas religiões animistas tradicionais. Os Bantos, da África Centro-Sul, são populações dedicadas à agricultura e à pecuária, peritos na metalurgia do ferro e na laboração de cerâmica.
No passado, nas suas deslocações para Sul, empurraram alguns povos as regiões mais marginais, onde continuam a sobreviver com muita dificuldade Estes povos ?enxotados? são os Pigmeus, os Boximanes e os Hotentotes, grupos étnicos dos mais antigos de toda a humanidade.
Às étnias autóctones junta-se quase por toda a parte a presença da minoria branca, descendente dos colonizadores europeus, quase sempre em posição de direcção ou com funções de apoio humanitário.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Línguas Da Indonésia
- Curiosidades - África - Da Descolonização à Independência
- Mega Bloco - As Línguas
- Romania, Romano E Romance
- Idiomas No Mundo
- África Sariana E Sudanesa - Política, Sociedade E Economia
- África Sariana E Sudanesa - Caracteríscas E Povos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online