PUBLICIDADE

Página Principal : História


Brasil de 1500 a 1530.



Brasil. Os 30 primeiros anos de Brasil após descobrimento.

A visão geral de que a história do Brasil só começa após o descobrimento já é um grande erro, e outro erro é dizer que a história realmente começa a partir de 1531, nesses trinta anos já haviam europeus desertados e naufragados entre índios e seguindo costumes indígenas. Apesar da dificuldade de encontrar documentos oficiais há a existência de cartas, e poucas referências encontradas em arquivos de diário de bordo e relatos de viajem. Quando Cabral chega, supõe-se que por acidente, em 22 de Abril de 1500, vê no Brasil apenas uma escala pra a Índia. O Brasil começa a ser um pouco pensado quando a 1ª expedição de Gonçalo Coelho é enviada ao Brasil em 1501, para exploração. Gonçalo recolhe algumas toras de pau-brasil, mas leva a informação para Coroa Portuguesa de que não havia nem ouro nem prata. Em 1502 Portugal arrenda o Brasil, faz um consórcio com ricos mercadores lusitanos. Nesse momento a grande preocupação de D. Manuel era com os lucros na Índia. A única tentativa era explorar o pau-brasil que dava muito menos lucro do que as especiarias, mesmo assim os navios transportavam cerca de 5000 toras por viagem. O comércio do pau-brasil era estimulado por portugueses e franceses, e quem realizava o trabalho de corte e transporte das toras eram os índios Tabajara, Tupiniquim e os Tupinambá, que levavam para as feitorias (lugar onde as toras eram armazenadas). Apesar do contanto entre índios e europeus havia pouca comunicação. Esses 30 anos de abando também serviram para a criação e estabelecimento de um nome para o país, em 1504 o Brasil fica sendo chamando exclusivamente como ??TERRA DO BRASIL?? * .Além do pau-brasil os papagaios faziam muito sucesso no exterior, e eram comercializados no estrangeiro. Os brasileiros, traficantes de pau-brasil, permitem através de um documento chamando Bretoa (esse documento pertencia a um consórcio de mercadores, e era a nau chamada de Bretoa, dentre eles estava Fernando de Noronha) tenta mostrar como funcionava esse tráfico de pau-brasil. Esse documento mostra que o lucro estava acima de tudo e que haviam algumas regras para esse traficantes, mas quase sempre essas regras não eram cumpridas. Nessa embarcação foram levados a Portugal, apesar da proibição da ??carona?? de indígenas, 10 homens e 26 mulheres, a diferença de quantidade entre homens e mulheres leva a crer que as mulheres serviam como objeto sexual. Esse mesmo documento mostra a relação que os europeus tiveram com os índios, que foi pacífica nessa região, mas não aconteceu assim com todos as expedições que aportaram no Brasil. Em 1504 a presença dos franceses no Brasil já começa a causar problemas, eles não possuíam feitorias, devido a Guarda Portuguesa, mas ficavam em pontos estratégicos e tinham boa relação com os indígenas, eram chamados de entrelopos os traficantes franceses. Após a rota estabelecida por Girolano Verrazzano (em 1526), os franceses estabelecem as próximas expedições levando uma considerável frota de pau-brasil para França, diminuindo a considerável exportação de Potugual para França. A preocupação com os franceses cresce e Portugal rompe qualquer acordo de paz. Ainda preocupado com os lucros da Índia, D.João III manda Martim Afonso de Souza ao Brasil para combater os franceses e explorar o amazonas, sendo o principal objetivo era explorar o Prata ( a notícia de que havia prata rondava em Lisboa). Rondava a notícia de que havia terras com muita prata e com um ''''rei branco''''. Realmente existirá essa montanha da prata (que fica no Peru) e o rei branco era um inca chamado Atahaualpa, mas a expedição de Martim fracassa e durante sua viagem de regresso fica um ano no sul do Brasil, e funda a 1ª cidade brasileira São Vicente em 1532. E o Peru seria esquecido?
Devido a dilo tratado de Tordesilhas alguns navegantes espanhóis apoiados pela Coroa Espanhola, partiram para o Brasil, descobrindo o Rio da Prata em 1532, proibindo os Portugueses de ultrapassarem o limites; o rio pertencia as terras espanholas.

* A misteriosa ilha mítica, Hy Brazil, pode ter contribuído para o nome do Brasil, não se atribui apenas ao pau-brasil a formação do nome, apesar de esse ser o conceito mais conhecido.

Esse primeiro parágrafo conta a história dos 30 primeiros anos do Brasil que foram cenário pra a construção de um imaginário, ajudou a batizar a América, e influenciou na literatura européia; fazendo do Brasil a ilha utópica do paraíso da igualdade.(Livro: A Utopia, Thomas Morus). Mostra também que os franceses ganham muito espaço e muito lucro nas terras portuguesas; no Brasil. Após a tomada da Peregrina Francesa, Portugal começa a se preocupar de fato com as terras do Brasil e toma uma decisão que julgava dar certo, a implamtação das capitanias hereditárias.

BUENO, Eduardo. Naufragados, Traficantes, Degredados. Vol. 2, Rio de Janeiro: Objetiva.1998.



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Fernando De Noronha
- Brasil _ Administração Colonial
- A Colonização Brasileira
- Sinais Da História-8º Ano
- Quinhetismo
- A Administração Do Brasil No Período Colonial
- Colonização Do Brasil E Capitanias Hereditárias

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online