PUBLICIDADE

Página Principal : História


Comuna de Paris



A Comuna de Paris
A alvorada do dia 18 de março de 1871 foi diferente das anteriores na ?Cidade Luz?. Nessa data emergia em Paris o primeiro governo operário da História que foi resultado da resistência popular diante à eminente invasão alemã à França. Apesar de ter conseguido se manter por apenas 72 dias suas lições e seu legado de heroísmo continuam até os dias de hoje. Do dia 18 de março ao dia 28 de maio de 1871 os operários franceses dirigiram a cidade de Paris e tiveram a ousadia de tomar medidas políticas que, seguramente, continuam servindo de exemplo e desafio ao movimento socialista mundial. A tomada do poder, no entanto, foi um ato de defesa de um povo, que ameaçado pelo governo burguês, resistiu e venceu. Essa experiência bastante breve constituiu a principal base de discussão política do marxismo.
A população francesa tem uma história de participação nas decisões e nas mudanças no país. Durante todo o século XIX houve insurreições populares contra uma tentativa de restauração da monarquia. Todavia, o movimento popular era bastante heterogêneo que além de operários englobava a pequena burguesia, republicanos e a Guarda Nacional, que em função da exigência estrangeira, havia substituído o exército. A insatisfação popular era devido, principalmente, dos sofrimentos decorrentes da guerra contra a Prússia, o desemprego dos trabalhadores e a falência de pequenos comerciantes, a ansiedade por um novo regime e a composição reacionária da Assembléia Nacional.
Diante a resistência popular o governo foi transferido de Paris para Versalhes e exigiu o desarmamento da Guarda Nacional sob o pretexto que ela pertencia ao Estado. A difamação da Guarda Nacional e dos operários era constante. O desarmamento da Guarda Nacional foi o primeiro passo para a conspiração e derrubada da república, já que ela era formada, em sua maioria, por proletários. Com a oposição popular ao desarmamento, pois as armas haviam sido compradas com dinheiro do povo, Thiers, o chefe de gabinete francês, decide invadir Paris e massacrar a oposição. Para sua surpresa, o povo resistiu e venceu a batalha o governo fugiu de volta a Versalhes.
O ? assalto ao céu?, como ficou conhecido esse episódio, foi o resultado de um conjunto de contradições na França, somado à ação consciente dos trabalhadores, reagindo em sua própria defesa, que acabou constituindo a experiência revolucionária mais importante do século XIX. A Guarda Nacional promoveu eleições de delegados eleitos pelo povo que poderiam ser destituídos a qualquer momento. Não se tratava de uma espécie de parlamento, mas um grupo de trabalho com funções legislativas e executivas. Esse tipo de organização totalmente inovadora mudou a sociedade como um todo, pois modificou as relações políticas, militares, econômicas e de justiça.
A burguesia pregou que a Comuna era uma regressão na forma de organização social do homem, como se tivesse voltado às comunidades primitivas. Foi disseminado, ainda que os proletários tivessem um problema com a República devido ao centralismo e a burocracia. A Comuna, porém, não tinha o objetivo de modificar o Estado, mas sim acabar com a dominação da sociedade, na qual o estado é apenas a representação. Buscava-se acabar com a propriedade privada, pois se acreditava que ela era a origem da desigualdade entre as classes. A Comuna era apenas uma forma de governo de uma classe farta da desigualdade e de uma opressão de outra classe.
Porém, a 28 de maio de 1871 a última barricada popular foi derrotada e esse era o fim de uma experiência que. Embora destruída militarmente, permanece como uma bandeira política, na qual se acredita que é possível a construção de uma sociedade mais igual mesmo com a forte oposição de um Estado, com todo seu aparato de dominação burguês. Deve-se salientar ainda, que os mesmos ideais buscados pelos operários da segunda metade do século XIX, como liberdade, igualdade e fraternidade continuam a ser um sonho distante na tentativa de construção de uma sociedade diferente com menos injustiças sociais e menos desigualdades.Escreva o seu resumo aqui.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Revolução De 1848
- Manifesto Comunista
- Lembranças De 1848. Parte 2
- Governo Provisório & Derrota Dos Socialistas
- O Dezoito Brumário De Louis Bonaparte
- A Queda Da Bastilha
- Revolução Francesa

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online