PUBLICIDADE

Página Principal : História


Constantino, o "Grande"



Filho do Imperador Constâncio I, Constantino I, ?o Grande?, governou o Império Romano do Ocidente.
Durante uma visita à Britânia, Constâncio morreu, e Constantino foi de imediato aclamado imperador pelas tropas aí instaladas.
Governou a Britânia e a Gália durante seis anos, enquanto Maxêncio, outro pretendente ao trono, governava Roma.
Constantino, em 312, derrotou e matou Maxêncio durante a batalha da ponte Mílvia, vendo, pouco antes da batalha, o contorno de uma cruz sobreposta a uma nuvem, o que o converteu ao Cristianismo, introduzindo a tolerância religiosa e acabando a perseguição aos cristãos.
Derrotou, em 324, Licínio, imperador do Oriente, passando a governar todo o Império Romano. Um ano volvido, convocou o primeiro concílio mundial da Igreja Cristã, em Niceia (agora Iznik, Turquia).
Em 330, Constantino mudou a capital do Império para fora de Roma pagã, para uma nova cidade, de nome Constantinopla, construída no local de Bizâncio, agora Istambul.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Império Bizantino
- Declínio De Roma
- O Cristão E A Influência Da "política"
- Perseguição Aos Cristãos
- Oficialização Do Cristianismo Romano
- O Sacro Império Romano Germânico
- Átila, O Huno

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online