PUBLICIDADE

Página Principal : Lei Geral


Joseph Leppore e Jean Paladino. Foram soltos porquê? Quem os prenderá agora?



Já tratei deste assunto em um resumo anterior. Indaguei os motivos pelos quais o acidente com o avião da empresa aérea brasileira Gol teria ocorrido e infelizmente parte do que comentei se confirmou, ou seja, os pilotos norte-americanos foram absolutamente negligentes com a questão aérea sobrevoando o território brasileiro, fez pouco caso dos controladores e ignorou totalmente o que era informado no plano de vôo que está em seu idioma, inglês.
O que ocorreu dentro da cabine a cada dia se evidencia como sendo a procura do piloto pelo seu tempo de descanso e a iniciativa do co-piloto em desligar o transponder para que seu companheiro não fosse incomodado.
O resultado disso tudo já sabemos. O que não sabemos é por qual motivo os dois foram liberados pelo governo brasileiro.
Também já perguntei aqui o que ocorreria se a situação fosse inversa, como por exemplo um acidente aéreo sobre o Estado norte-americano do Texas, matando todos os tripulantes de um avião de passageiros, realizado por uma aeronave brasileira com pilotos brasileiros.
Os infelizes pilotos poderiam escapar do corredor da morte?
Mas como se tratam de pilotos norte-americanos, até a Condoleza Rice chegou a visitar o território brasileiro fazendo ameaças e exigindo a liberação dos pilotos norte-americanos.
Quem não deve não teme.
Então o que tememos?
Tememos perder o que nos pertence, ou o que nos pertence não nos pertence mais?
Alguma coisa está sem explicação do contrário não haveria o pronto atendimento com a liberação dos pilotos antes do devido julgamento.
Brasileiros são mortos no exterior, não tem a aplicação de penalidades, ao contrário, os criminosos acabam condecorados e em muitos casos recebidos como heróis, sim, heróis, como no caso de Joseph Leppore e Jean Paladino.
Já os assassinos de um brasileiro em Londres, o caso Jean Charles de Menezes, foram interpretados como heróis também no primeiro momento, porque teriam praticado o assassinato em nome da "Inglaterra".
Na verdade, o Brasil e os brasileiros estão sendo condicionados a uma ausência de Estado, de governo, de liderança, de honradez, de civilidade, de tudo o que diz respeito à cidadania.
Não sei qual o motivo principal, ou se existe um motivo principal, seria pelo fato de que um assassino confesso pode responder pelo processo em liberdade como Antônio Pimenta Neves, ou uma assassina cruel e sem escrúpulos mata seu pai e sua própria mãe à pauladas, pode passear pela praia mesmo depois da sentença e do reconhecimento do crime?
Ou seria pelo fato de que aqui se encontram criminosos roubando dinheiro dos cofres públicos, carregando dólares nas cuecas, são filmados em flagrante delito, são pegos com o dinheiro nas mãos, se comprova os crimes, se comprova os assassinatos, se comprova todo roubo, todo o esquema de corrupção, toda a lavagem de dinheiro, toda selvageria com o erário público, com o orçamento da nação e não se faz nada?
Seria pelo simples fato de que com tamanha corrupção como nunca vista na história da nação, a desculpa mais esfarrapada de que "tudo isso já ocorria anteriormente nos governos anteriores", ou seja, assume-se os crimes e mesmo assim fica por isso mesmo?
Com tudo isso, ainda temos um governante que fica dizendo que brasileiro tem que ter orgulho de seu país tal como os europeus, os norte-americanos, os japoneses, etc e tal. Ocorre que no Japão, um político que se corrompe se isso ocorrer e ele vier a ser pego, ele se suicida porque mesmo corrupto, ele tem que ter moral e vergonha na cara.
Um político no Japão se suicida principalmente porque não teria condições de viver e ter de enfrentar os olhares de indignação dos seus semelhantes.
Um norueguês se orgulha da sua nação porque não convive com noticiários em que corrupção seja uma ocorrência que "sistematicamente ocorre em qualquer partido político brasileiro".
Um irlandês se orgulha de seu país porque crianças não morrem de fome diante de um discurso eleitoral com uma fantasia que nunca amadurece como um certo "Fome Zero" que não apenas não encampa, como também não existe nem como programa nem como realidade.
Um italiano se orgulha de seu país porque não tem crimes hediondos ocorrendo sem que as penalidades sejam aplicadas e muito pior, que seus criminosos possam responder em liberdade e fiquem soltos como se nada tivesse ocorrido.
Joseph Leppore e Jean Paladino mataram 154 brasileiros com uma atitude absolutamente negligente e irresponsável. Mas agora estão no conforto de suas moradias e sob a proteção do Estado norte-americano. Alguém ainda consegue acreditar que eles possam ser incriminados ou que alguma penalidade possa ser aplicada?
Se criminosos pegos no Brasil respondem a seus processos em liberdade como Pimenta Neves, o que dirá de dois pilotos norte-americanos que só pelas ameaças de Condoleza Rice conseguiram sair daqui?
Tá faltando muita coisa, inclusive e principalmente a moral. Moral brasileira, onde é que tu estás????


Veja mais em: Lei Geral

Artigos Relacionados


- Vôo 3054...i
- O Controle Da Natalidade E O Resultado Nas Eleições
- Ressaca E Suas Consequências No Cotidiano Da Vida
- O Apagão Aéreo...e Suas Consequências
- Brasil Mostra A Tua Cara
- A Usina De Itaipu E As Reclamações Paraguaias
- O Projeto Político-pedagógico

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online