PUBLICIDADE

Página Principal : Lei Geral


Tribunal do Júri: Inovações



9. Audiência de Instrução e Julgamento;

.


OBS: Na audiência de instrução e julgamento, não se utiliza mais o sistema Presidencialista, e sim o Cross Examination, devendo as perguntas serem feitas diretamente pelas partes, e o ao final o juiz irá fazer suas perguntas < questionamento suplementar >; o interrogatório, porém, ainda continua no sistema antigo: Presidencialista (reperguntas pelas partes) e ainda divido em duas partes, primeiro sobre a vida pessoal do acusado e o que ele ou não sabe sobre o crime.

OITIVA < nesta ordem >:

.

* da vítima (se possível);

* oitiva das testemunhas arroladas pela acusação e depois as pela defesa;

* oitiva dos peritos (se requerido pelas partes);

* acareações;

* reconhecimento de pessoas ou coisas (se requerido pelas partes);

* interrogatório do acusado (se ele achar oportuno);

* mutatio libeli (se for oportuno);

* desclassificação (se possível);

* debates (sustentação oral pelas partes, primeiro MP e depois defesa, durante 20 minutos, prorrogáveis por mais 10 minutos; havendo assistente de acusação, este se manifestará após o MP, com prazo de 10 minutos, prorrogáveis por mais 10 minutos).

.

OBS: Todas as testemunhas que comparecerem serão ouvidas, devendo sempre respeitar a ordem: primeiro as de acusação e depois as de defesa, ou seja, se o MP arrolar 8 testemunhas e comparecem apenas 3, e as das 8 da defesa virem apenas 5, serão ouvidas as do MP e depois as da defesa, sendo designada uma nova data para as testemunhas faltantes do MP e as da defesa. Não há inversão de provas adotar este procedimento, conforme novo entendimento < ver Andrey Borges de Mendonça; Luiz Flávio Gomes > .

.

10. Juiz profere decisão (pronúncia, impronúncia, absolvição ou desclassificação) em audiência ou decide em até 10 dias.

.

PRAZO: concluir a instrução preliminar em até 90 dias - réu preso.

.

11. RECURSOS:

.

* Recurso de Apelação (impronúncia e absolvição);

* Recurso em Sentido Estrito (pronúncia e desclassificação).


.


OBS: As novas leis provocaram importantes mudanças quanto à absolvição: Em caso de absolvição, o recurso cabível é o de Apelação e não o em Sentido Estrito; e, ainda neste contexto, embora o artigo 574, inciso II, do Código de Processo Penal não tenha sido revogado explicitamente, não há mais recurso ex officio no caso de absolvição do acusado.


.


< sobre este tema ver o Boletim nº 191, ano 16, do IBCCRIM, p.10 >


.


INÍCIO DO JUDICIUM CAUSAE


.


12. DA PREPARAÇÃO DO PROCESSO


.

< para ver a terceira parte da análise clique nos links importantes >




Veja mais em: Lei Geral

Artigos Relacionados


- Concreto Verde
- Páginas Para Pensar
- Caboclinho (folclore Brasileiro 7)
- Cavaleiro De SÃo Jorge (folclore Brasileiro 8)
- Nossa Pátria
- Dinâmicas Para Momentos De Encontros
- Marujo (folclore Brasileiro 6)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online