PUBLICIDADE

Página Principal : Lei Geral


Thomas Hobbes



Filósofo e cientista político inglês, Thomas Hobbes nasceu em Westport, hoje parte de Malmesbury, em 5 de abril de 1588, e veio a falecer em 4 de dezembro de 1679. Sua infância foi marcada pelo medo da invasão da Inglaterra pelos espanhóis, ao tempo da rainha Elizabeth I (1558-1603). Thomas Hobbes é outro filósofo cuja vida está vinculada à monarquia inglesa, uma vez que a política e as intrigas da corte afetaram sua existência e, sem dúvida, também seu pensamento filosófico.

Tornou-se preceptor de William Cavendish, que viria depois a ser o 2º Duque de Devonshire, ficando amigo da família Cavendish por toda a vida. Como de hábito na época, viajou com seu aluno à França e Itália, onde verificou que a filosofia de Aristóteles que ensinavam em Oxford estava sendo combatida e desacreditada devido às descobertas de Galileo e Kepler.

Decidiu-se então pela vida intelectual. O principal fruto dos estudos clássicos a que nesse momento se dedicou foi à tradução da obra de Tucididas, um historiador grego analista político e moral da guerra do Reloponeso. A escolha desse autor e a publicação de sua tradução em 1629 provavelmente se deram devido à preocupação de Hobbes com a agitação política na Inglaterra e representaria um alerta seu contra a democracia, que teria enfraquecido a antiga Atenas.

Com a morte de seu aluno, o 2º Duque de Devonshire, Hobbes voltou a viajar, só que agora em companhia do filho de Sir Gervase Clinton. Durante sua estada na França, entre 1629 e 1631, ele estudou Euclides e tornou-se especialmente interessado em Matemática, mas foi chamado de volta à Inglaterra para se tornar o preceptor de outro William Cavendish, filho de seu primeiro discípulo. Durante uma terceira viagem ao continente, com o jovem Cavendish de 1634 a 1637, ele se encontrou com Marin Mersenne, um reputado matemático e teólogo, e em 1636 com Galileo e René Descartes cuja ciência e filosofia o impressionaram.

Hobbes recorda em sua autobiografia que por esta ocasião, em uma roda de intelectuais, alguém perguntou ?O que é o sentido??, e ninguém soube responder. Então lhe ocorreu que, se as coisas materiais e todas as suas partes estivessem em repouso ou movimento uniforme, não poderia haver distinção de nada e conseqüentemente nenhuma percepção, e em sendo assim, a causa de tudo estaria na diversidade do movimento, idéia essa que foi lançada em seu primeiro livro filosófico ?Uma curta abordagem a respeito dos Primeiros Princípios?. Ele então planejou uma trilogia filosófica: ?De Corpore?, demonstrando que os fenômenos físicos são explicáveis em termos de movimento e que seria publicado em 1655; ?De Homine?, tratando especificamente do movimento envolvido no conhecimento e apetite humano e que seria publicado em 1658; e ?De Cive?, a respeito da organização social e que seria publicado em 1642.



Veja mais em: Lei Geral

Artigos Relacionados


- Idéia De Hobbes No Leviatã.
- O Leviatã
- Thomas More (1478-1535)
- Descartes. In: O Mundo De Sofia
- Zorro Desmascarado
- A Lei Natural E A Lei Civil Na Teoria De Hobbes.
- Iluminismo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online