PUBLICIDADE

Página Principal : História


A cidade do sol



O livro conta a história de duas afegãs (Mariam e Laila) que viveram em período de guerra. Mariam, teve uma infância com pais separados, pois seu pai a teve fora do casamento e por este motivo não poderia mantê-la como filha oficialmente. Sua mãe comete suicídio após uma tentativa de Mariam de conhecer a família de seu pai (que também era sua). Depois deste episódio, a menina, com 15 anos, fora obrigada a casar com Rashido, um sapateiro de meia idade que sonhava em ter um filho, pois o seu morreu ainda bebê. Depois de alguns anos de casada e servindo como empregada de Rashid, a menina engravida. Tudo muda! Rashid passa a fazer bondades, trazer presentes, comprar roupinhas... até que Mariam perde o bebê. Não somente este bebê, mas vários outros que ameaçaram vir ao mundo. Rashid ao perceber que casou "em vão" maltratava ainda mais a menia.
Laila era uma menina mais jovem que Mariam cerca de 20 anos e morava na mesma rua que ela. Possuía pais liberais e teve a oportunidade de estudar. Depois que seus irmãos foram enviados para a guerra, sua mãe viver>u em depressão e não mais cuidava da menina. O pai foi quem se responsabilizou pela educação da menina. Laila tinha um melhor amigo, Tariq; por quem se apaixonou na adolescência. Tariq e sua família abandonaram Cabul fugindo da guerra e a menina negou-se a abandonar seu pai para fugir com ele. Ele foi e prometeu voltar, sem saber que havia deixado Laila gravida. Pouco depois da separação, a família de Laila decide fugir também, mas no dia da mudança um míssel caiu sobre sua casa e deixou em vida apenas a menina.
Rashid e Mariam acolheram Laila e depois de alguns dias Rashid a pede em casamento em troca de mantê-la em segurança, com um lar e família. Inicialmente Mariam não aceita, mas aos poucos percebe que a menina só aceitara por necessidade. Laila diz que o filho que esperava era de Rashid e as duas passam a criar a menina (Aziza), que sempre fora vista com maus olhos por Rashid, pois não era o sonhado menino.
Rashid maltratava as duas sempre que podia e culpava Mariam por qualquer coisa que acontecesse. Tudo era motivo para espacamentos e castigos rigorosos. Laila recebe a notícia de que Tariq morreu no acampamento de refugiados e o sonho de um reencontro acaba.
Laila engravida de um menino (Zalmai) que passa a ser o rei da casa. Rashid fica desempregado e chegam a passar fome. Para conter a crise, Rashid decide colocar Aziza em um orfanato e não permite que as duas (Mariam e Laila) visitem a menina. Laila, mesmo sendo espancada pelas ruas, por andar sem o marido, continuava indo ver a menina todos os dias.
Tariq reaparece e a mentira, inventada por Rashid, é descoberta. Laila conta sobre Aziza e depois de Rashid tentar matar Laila, por saber de Tariq, Mariam o mata em legítima defesa. Laila decide fugir com Mariam, mas a mesma se recusa, para garantir que a menina e Tariq poderão ser felizes, pois a culpa será exclusivamente dela. O casal foge e a Mariam é condenada à morte.
Depois de alguns anos o casal e as duas crianças (Aziza e Zalmai) voltam à Cabul (terra natal) e decidem ajudar outras crianças do orfanato onde Aziza ficou durante algum tempo. Seus objetivos são reconstruir sua cidade Natal.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Igreja Perita Em Humanidade?
- Poesia / Vulto
- Filmes E Livros Vs Educação
- Diante Dos Espelhos
- Juno
- John Gebhardt No Iraque
- Pomba-gira Das Sete Saias

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online