PUBLICIDADE

Página Principal : História


A Era dos Extremos



A ERA DOS EXTREMOS: O breve século XX 1914-1991 Hobsbawm dividea história do século xx em tres eras, a primeira a "era da catástrofe", que é marcado pelas duas grandes guerras, daí o surgimento da URSS como um sistema alternativo na economia mundial para lutar contra o capitalismo.O autor também infatiza a ''''Grande depressão de 1929 e que no mesmo período o facismo toma conta de toda a Europa. O século xx deixa um legado incontestávelde questões e impasses para o autor em questões que contribuíram para o parâmetro das dificuldades encontratadas em explicar situações como a"Revolução Russa",a primeira e a segunda Guerra mundial são objetos de como Hobbawm vê o mundo no transcorrer de sua vida até a queda do muro de Berlim. O surgimento da URSS como uma potência vém colocar o mundo numa controvésia sem igual e as suas referidas constatações em que se refere a crise do capitalismo coloca na pratica que o comunismo é a única forma de sustentação econômica viável no momento e através da grande crise de 1929 é que a União Soviética crescerá e mostrará ao mundo que seu sistema é o melhor. Não é possível,diz o aitor escrever a história do sec. XX como a de qualquer outra época,quando mais não fosse porque ninguém pode escrever sobre seu próprio tempo de vida como pode e deve fazer em relkação a uma época conhecida apenas de fora,em segunda ou terceira mão,por intermédio de fontes da época ou obras de historiadores posteriores. O breve sec XX- de 1914 até o fim da era Soviética-dentro de uma certa perspectivca histórica,mas chega-se a ele desconhecendo a literatura acadêmica.Este livro esboça a primeira guerra mundial, que assimilou o colapso da civilização ocidental do sec.XIX.Tratava-se de uma civilizaçãocapitalista na economia: liberal na estrutura legal e constitucional:burguesa na imagem de sua classe hogemônica caracter´stica;exultante com o avanço da ciência,do conhecimento e da educação e também com o progresso material e moral: e profundamente convencida da centralidade da europa,berço das revoluções da ciência,das artes,da política ,da indústria e cuja a economia prevalecera na maior par6te do mundo, que seus soldados haviam conquistado e subjugado; A uma Europa cujas populações incluindo-se o vasto e cescente fluxode emigrantes europeus e seusw descendentes , havia crescido até somar um terço da raça humana; e cujos maiores estados constituíam o sistema de política mundial.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Rumo Ao Abismo Econômico-1ª Parte
- A Guerra Fria
- Guerra Fria
- Fim Da Guerra Fria-parte 2
- Fim Da Guerra Fria-parte 1
- Neonazismo
- Crise De 29

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online