PUBLICIDADE

Página Principal : Política


Os Heróis do Presidente





Lula elegeu como heróis dois grupos de brasileiros: os MINISTROS DE ESTADO, porque, segundo ele ganham somente (sic) R$ 8 mil - esquecendo-se de acrescentar todas as regalias inerentes ao cargo, o que elevaria consideravelmente este valor - e os USINEIROS, agora os queridos do Presidente, que fez de sua meta primeira o biocombustível, principalmente o Etanol, advindo da cana-de-açúcar. Esqueceu-se que a maioria destes últimos, visando somente o lucro, cria sérios problemas ambientais e não se acanha em contratar a preços irrisórios sua mão-de-obra o que gerou a famosa classe dos bóias-frias, que vivem em condições quase subumanas, causando uma verdadeira chaga social. HERÓIS NO BRASIL SÃO OS QUE SOBREVIVEM COM O SALÁRIO MÍNIMO (R$ 350), rebate Dom Geraldo Majella, presidente da CNBB (Conselho Nacional dos Bispos do Brasil). Os bispos, ao final da 26ª. Reunião do Conselho Episcopal Pastoral, onde foi analisada a conjuntura brasileira, revelaram duas preocupações: o avanço da corrupção e o risco trazido pela intenção de aumentar a produção do etanol a ponto de transformar o Brasil num imenso canavial. Segundo eles, não há país que tenha concentrado na cana-de-açúcar sua fonte de riqueza e tenha prosperado. Não é o etanol que vai salvar o mundo, alertou D.Geraldo, citando o Caribe.O álcool traz impactos ambientais e sociais podendo aumentar o latifúndio e o êxodo rural. - Ah, presidente, como o poder faz mudar os valores! Como pode o senhor classificar de pouco os R$ oito mil que o Estado paga aos seus ministros, em plena televisão, sabendo que era visto por milhões de pessoas que neste país precisam da esmola do bolsa-família pra poder se alimentar? Para nos lembrarmos deles e dos que sobrevivem com o salário-mínimo transcrevo, a seguir, um engajado poema de Flávia Martin - De onde vem sua força, herói? Do alimento que não comeu? Da chuva que não veio? Do sol que sua roça secou? Dos vermes que com a água suja bebeu? Das noites que não dormiu? Do frio que o consumiu? Do pai que não conheceu? Do amigo que não teve? Do sorriso que não viu? Da escola que não freqüentou? Da doença que o corroeu? Do político que não o ouviu? Da oportunidade que não teve? De onde, então, vem sua força, herói? SÃO ESSES, PRESIDENTE, OS VERDADEIROS HERÓIS BRASILEIROS!
(RESUMO e CRÍTICA de Eni Martin, baseado em artigo de Lisandra Paraguassu para O Estado de São Paulo e em poema de Flávia Martin).


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Etanol - A Hipocrisia De Um Combustível Sustentável
- Produção De Etanol
- Biocombustível Ou Comida?
- Brasil, Vilao Ou Heroi Do Mercado De Etanol?
- Califórnia, Não. Texas(efeito Etanol)
- Lula Erra Em Bruxelas: Há Cana-de-açúcar Na Amazônia
- Verdades Sobre A Crise De Alimentos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online