PUBLICIDADE

Página Principal : História


Açucar: Nem sempre foi assim...



Por volta do ano 325 a.C, quando soldados de Alexandre, o Grande, chegaram para conquistar a Índia Oriental, conheceram o suco da cana fermentado, o que chamaram de ? sal indiano?, produto que passou a ser importado pelos gregos e romanos.
Após muitos séculos, a Pérsia desenvolveu técnicas de refino do açúcar, evitando assim que o produto fermentasse no transporte. Com a conquista da Pérsia os árabes, passaram a cultivar e refinar o açúcar nas terras conquistadas, e com As Cruzadas, que confrontaram mulçumanos e cristãos, deu-se o inicio da expansão do açúcar pelo mundo.
Até o século 17, as pessoas viviam sem o açúcar, era um produto raro e inacessível com um preço muito elevado. Entre os séculos 15 e 16 era considerado artigo de ostentação e luxo, produzia-se grandes esculturas de açúcar usadas para enfeitar cerimônias reais e eclesiásticas, utilizavam também como remédio contra a peste negra, como um meio de conservação de frutas e em pouquíssima quantidade era usado como tempero. Somente com a iniciação do cultivo da cana na recém-descoberta América, é que o produto começou a se tornar acessível a todas as camadas sociais.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- O Ciclo Do Açúcar - Parte I
- O Café Nosso De Cada Dia
- Base Da Economia Colonial No Brasil
- Califórnia, Não. Texas(efeito Etanol)
- Europa "nÃo Quer Etanol Sujo Do Brasil"
- Dieta Brasileira ? De Onde Vieram O Nosso Arroz E Feijão?
- Etanol - A Hipocrisia De Um Combustível Sustentável

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online