PUBLICIDADE

Página Principal : Política


Leilão de Petróleo



 DIGA NÃO AO SEXTO LEILÃO DA ANP Alexandre Alves ([email protected]) Como cidadãos devemos lutar para que seja mantida a soberania nacional: O Petróleo é Nosso!! Em meio as ondas de privatizações que rondavam o Brasil há algum tempo atrás e com a assinatura da Lei 8.478/97 que flexibilizou nosso mercado energético, inclusive o setor do petróleo, a PETROBRAS nossa maior estatal, deixou de ter o monopólio da exploração do petróleo, ou seja, qualquer empresa tem o direito de explorar nossas reservas. Até o momento já foram realizados cinco rodadas de licitações. Para se ter uma idéia a Shell, em 1999, adquiriu uma parte do bloco de petróleo na Bacia de Campos e hoje produz 70 mil barris de petróleo por dia, destes nenhuma gota fica no Brasil. E justamente quando estamos perto de conquistar a nossa tão sonhada auto-suficiência de produção de petróleo, prevista para o ano de 2006, grandes empresas internacionais como a El Passo, Pemex e a Shell pressionam a ANP para que seja cumprida o art. 33 da lei assinada em 1997, este artigo trata da quebra do monopólio e das aberturas de licitações. A Agência Nacional de Petróleo já conseguiu adiar o sexto leilão por duas vezes, mas agora a licitação está marcada para o dia 16 e 17 de agosto, já existem 24 empresas petrolíferas inscritas para participarem do processo licitatório. A grande diferença desta licitação frente as anteriores, é que estão em jogo os chamados "blocos azuis" que são as áreas nobres onde a PETROBRAS descobriu mais de 5 bilhões de barris de petróleo em 2003, sua extensão territorial equivale a do Estado do Paraná. A conjuntura mundial mostra uma alta do preço do petróleo no mercado mundial, a tentativa de derrubada do governo de Hugo Chavez na Venezuela (um dos maiores produtores de petróleo do mundo), o desespero do presidente estadunidense atrás do ouro negro e a forte e heróica resistência dos iraquianos frente à tentativa de dominação das forças de coalizão. Pesquisas realizadas nos mostram que o presidente George W Bush foi o político que mais recebeu verbas das empresas petrolíferas dos EUA. Todos esses fatos nos levam a uma pergunta: Por que no momento em que acontecem todos esses fatos no mercado global, empresas que sempre apoiaram os Estados Unidos da América pressionam a ANP para leiloar nossos blocos nobres de petróleo? Pense nisto!!! Não se trata de uma batalha de apenas determinada classe trabalhadora, trata-se de uma luta dos brasileiros para preservar nossa soberania. Vamos cessar, de uma vez por toda, a venda de nossas riquezas para as multinacionais e acabar com as seqüelas de oito anos de entrega. A FUP e os sindicatos de petroleiros, junto com a CUT e a CNQ estão mobilizadas veiculando inclusive propaganda na mídia. Faça sua parte ligue para os telefones abaixo e exija a suspensão do leilão do nosso petróleo e Plebiscito Nacional Já! Câmara Federal: 0800 619619 Senado Federal: 0800 612211


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- O Petroleo é Nosso
- E Se Cuba Abandonasse O Comunismo?
- A Guerra Irã - Iraque
- Assim Não Dá
- A História Que A Foto Não Conta
- Pensamentos Sobre A Privatização Da Vale Do Rio Doce
- Biocombustível Ou Comida?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online