PUBLICIDADE

Página Principal : Política


Comparando politicas e governos



O objetivo da maioria das ciencias sociais e? a descoberta de caminhos para o bem-estar e a diginidade humana e a sua liberdade para se desenvolver.O impulso para buscar a sociedade perfeita e? muito antigo. No entanto, hoje, mais que no passado, as ciencias sociais, inclusive, a politica, sao capazes de entender, explicar e ate prever comportamentos.O obejeto da ciencia politica sao os seres humanos , como se organizam e se comportam politicamente, o que causa variacoes e suas consequencias.A comparacao e? criticamente importante, distinguindo a analise comparativa cientifica e investigadora da casual.Os fenomenos politicos ocorrem numa variedade ampla de cenarios, exigindo que facamos comparacoes no espaco e no tempo.As analises sincronicas consideram lugar e momento, e nao fatoes ou dimensao historica, obejtivando o processo, a instituicao, o comportamento. Ja a diacronica afirma que a estabilidade ou mudanca no tempo forma a dimensao de observacao para o entendimento e a explicacao.Na comparacao devemos procurar semelhancas e diferencas. Semelhancas estruturadas ajudam a ciencia experimental com resultados variaveis e diferencas.Sua unidade de analise pode ser analitica (processo decisorio, articulacao, agregacao de interesses, recrutamento politico, socializacao politica) ou concreta (membros distinguiveis como : executivos, partidos politicos, organizacoes politicas, etc). O sistema politico e a unidade primordial de estudo. .O metodo estatistico sempre foi utilizado pelo estudo dos fenomenos politcos, por apresentar uma analise rigorosa. O levantamento de amostras, os dados agregados e a tecnologia fizeram como que esse metodo tivesse uma grande desenvolvimento. Porem, tambem, apresenta falhas: a intensidade da associacao e a espuridade ( falacia ecologia ou individualista).Estudos sobre votacao e pesquisa de opiniao se utilizam do metodo estatistico atraceves, principalmente, na analise de dados agregados. No estudo de votacao esse metodo tem destaque, pois: dados agregados e quantificaveis sao mais faceis de se obter, as informacoes sao temporais e a atencao ao voto e? ideologico.A pesquisa de opiniao e um instrumento muito utilizado, para colher informacoes e testar hipoteses, em paises individuais. Uma pesquisa de opiniao transnacional e muito cara e esta eivada em complexidades: conceitos e teorias a serem testadas, levantamento de amostras comparaveis, interpretacao de dados, etc.Os metodos citados anteriormente tem implicacoes muito severas , forcando o uso do estudo de caso. Com destaque para os processos de tomada de decisoes politicas e implementacoes, sendo ele o unico cabivel, podendo explorar teorias e hipoteses.Em casos especiais tem imensa utilidade no crescimento do conhecimento cientifico, excecoes a ?regra?, ?caso critico?, intimida abstracoes politicas, detecta relacionamentos novos e ?prova? teorias.O estudo de caso tambem apresenta suas dificuldades: a generalizacao, a abordagem descritiva paralela e risco de ?prova? prematura.O estudo do processo politico so fara sentido se houver a conscientizacao que a ciencia politica e uma ciencia comportamental. Mas, ha restricoes: nao se pode imputar ao coletivo caracteristicas do individuo que o compoe e nao pode haver grande afastamento do processo governamental.Assim, a politica comparada apresenta um futuro promissor ja que ha uma menos limitacao nos pontos de vista e nos metodos de analise.


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Introdução Ao Ensino Da Metodologia Da Ciência
- Métodos Em Pesquisa Social
- Sociologia
- Epistemologia
- Epistemologia
- Ciência
- Problemas Estruturais Do Estado Capitalista

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online