PUBLICIDADE

Página Principal : Política


A RAZÃO DE KANT E O GOVERNO LULA



Immanuel Kant - Anthropologie, parágrafo 71 - através de investigações aparentemente abstratas, mostra uma profunda preocupação política: a esperança de restabelecer uma ordem que não resultasse da esperteza, da força ou da paixão, mas que fosse a encarnação da razão. Se a razão, segundo ele, revela ao homem qual a natureza do bem, então é possível construir uma sociedade universal baseada na verdade e na justiça.
Olhando a política brasileira, percebemos o quanto distante está distante da razão, e portanto dessa teoria de Kant e poderíamos começar esta demonstração lembrando de um assunto que está agora na mídia: os cartões de crédito corporativos. Seriam 11 150 dos referidos cartões necessários na Administração Federal? Esse número exagerado não contribui para que sejam usados de maneira exagerada e em proveito próprio, como temos visto, demonstrando a esperteza e desonestidade da maioria daqueles que os usa? Vale também perguntar se precisaria esse governo de 22 500 cargos de confiança, ou a maior parte deles, como parece, serve somente para acomodar ?companheiros? petistas? A criação de tantos ministérios - coisa nunca vista antes neste país - serve mesmo para uma melhor ação do poder público, ou muitos foram criados - como, entre tantos outros, o da Pesca, dos Portos ou o Sealopra - para simplesmente acomodar pessoas indicadas por partidos aliados? Nestes mais de 5 anos de governo Lula já se viu algum resultado prático advindo da Secretaria de Política de Promoção de Igualdade Racial, ou o que vimos foram somente declarações desastradas da Ministra Matilde Ribeiro, até mesmo instigando o racismo, além do uso de seu cartão corporativo para despesas irregulares e pessoal, como compras em free shop? Não custa lembrar que será somente através da Educação, e não do bolsa-família, como quer fazer crer o governo, que se promoverá a eqüidade e a igualdade de oportunidades a todos os brasileiros, entretanto, vemos que o sistema educacional continua péssimo e relegado a plano secundário pela administração federal. Por outro lado, podemos afirmar que houve grandes melhoras na economia brasileira então, não deveriam esses recursos econômicos, racionalmente, serem usados para atender às necessidades do desenvolvimento econômico e social do país?
Podemos perceber, então, o quanto o governo Lula está distante da teoria Kantiana e quão intensamente a mesma parece utópica numa administração onde prevalece a corrupção,a esperteza, a mentira, a força dos políticos de sempre, que mandam e nomeiam correligionários em detrimento da competência e seriedade que os cargos públicos exigem. Apesar da presunção de nosso presidente ao achar que tudo vai muito bem nesse país, vemos o quanto sua administração está distante da verdade e da justiça e como a razão, mola propulsora dessa investigação de Kant, está cada vez mais afastada deste governo.


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Por Que NÃo Se Cala, Presidente?
- A Dama-de-ferro Tupiniquim
- A Dama-de-ferro Tupiniquim
- Razão E Moral Em Kant
- A Elite Brasileira
- Fidel & Lula
- Administração Pública Direta E Indireta

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online