PUBLICIDADE

Página Principal : Política


http://www1.folha.uol.com.br /folha/cotidiano/ult95u41581 8.shtml




Lei seca: rigidez pela vida



Basta ultrapassar dois decigramas de álcool por litro de sangue, e o motorista estará em saia justa com a polícia. Em se tratando de tolerância em relação a outros países o Brasil supera 63 nações com sua rigidez. Só outros cinco países igualam-se ao Brasil, e treze países conseguem ser mais rígidos ao estabelecerem o limite de zero a um decigrama. Menos tolerantes que o Brasil, são algumas nações do leste europeu, como Romênia e Hungria, onde o limite é zero.


Os mais de dois decigramas correspondem na prática a um copo de chope, e a multa, se o motorista for pego, é equivalente a R$ 955 (novecentos e cinqüenta e cinco reais), além de o motorista perder o direito de dirigir e ter o veículo retido. Para os que gostam de beber um pouco mais, e o bafômetro registrar 6 (seis) decigramas (o equivalente a dois chopes), a punição pode resultar em prisão e pena afiançável (variável de R$ 300 a R$ 1200, em média), e será estabelecida de acordo com o juízo do delegado.


Como as pessoas autuadas são de poder aquisitivo moderado a alto, acionam bons advogados. Estes têm asseverado na justiça com argumentações, digamos, interessantes. Afirmam que a prisão provisória é uma violência grande, que é necessário haver enrijecimento da legislação, porém visando somente multas elevadas, sem prisões. Advogados mais audaciosos apelam para a Constituição afirmando que ?ninguém é obrigado a produzir provas contra si?, em se tratando da multa de R$ 995, aplicada ao motorista que recusar a se submeter ao teste do bafômetro. A maioria dos advogados orienta a não fazer o exame e protestar na justiça a multa.


Conduzir sob efeito de bebida alcoólica, conforme a LEGISLAÇÃO em vigor é um ato criminoso. Apesar disso, mais de 50% dos acidentes de trânsito, no Brasil, envolvem algum motorista alcoolizado.


Os principais comportamentos nocivosno trânsito, provocados pela ingestão de bebidas alcoólicas são: excesso de velocidade, manobras arriscadas, avaliação incorreta de distâncias, erros visuais com desvios de direção, erros por reações fora de tempo (atrasadas), e perda do controle da situação.




Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Num Trânsito Caótico, Há Quem Afirme Que A Bebida Não Faz Mal.
- Cuidado!! O Motorista Sumiu!!
- Motoristas E Pedestres
- Cuide Bem Do Veículo Que Ele Cuidará Bem De Você
- Porque Criticam A Lei Seca Brasileira
- O Motorista E O Álcool
- Será Que A Neurose Do Trânsito Já Te ?pegou??!

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online