PUBLICIDADE

Página Principal : Política


Caso Lindemberg



Sempre procurando manter minha visão e orientação com base na vida cristã que pretendo continuar seguindo, fico estarrecido ao ver o resultado de um sequestro/cativeiro/cárcere que esse rapaz impôs à ex-namorada e a sua amiga.

Como cidadão percebo que ao longo dos anos a polícia vem sendo enfraquecida por decretos, por poderes (incluindo-se a OAB com suas representações voltadas aos direitos humanos) e isso tem nos custado alto em qualidade de vida e na sensação de segurança que sempre nos assola.

Já vivi e convivi com pessoas "marginalizadas" ou "marginais", já pude observar seus comportamentos, valores, modos de perceber sua relação com a sociedade na qual se encontra inserido e raramente há uma visão de que se possa crer em recuperável, ou como diz o sistema "ressocializável".

Na América do Sul como um todo muita liberalidade têm se mostrado fragilizadora da estabilidade e da ordem. Infelizmente neste continente parece que a coisa só funciona na base da pressão/opressão... e acho que essa via deve ser considerada ora ou outra por quem está no poder. Não se trata de golpe de estado ou enfraquecimento das instituições democráticas mas da preservação do bem comum, e da preservação da vida em coletividade.

Se fosse eu o comandante deste operação, fatalmente, teria ordenado aos atiradores de elite uma bala no meio da testa daquele que naquele momento era o opressor - Lindenberg - independente de seus antecedentes ou histórico ou idade, O fato ali era a posição adotada e as vidas que ele colocava em risco e que acabou por tirar...

Todas estas situações, o fato de um policial não poder atirar contra um bandido, de um professor não ter mais poder de coibir um aluno em sala de aula sob risco de processos em ambos os casos, estão nos dando uma sociedade às avessas onde o bandido exige, as autoridades se esforçam em atendê-los e o cidadão de bem procura um lugar "seguro" para se esconder com sua família.


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Armas Pro Povo, Vergonha Na Cara!
- Tropa De Elite
- Cotas Raciais Nas Universidades
- 1984
- A Transparência Na Sociedade Democrática
- A Tropa É De ?elite?, Mas O Estado É De Morte E ExclusÃo
- Segurança Pública

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online