PUBLICIDADE

Página Principal : Política


Lula 2012 E REFORMA POLÍTICA JÁ (parte I)



LULA 2012 E REFORMA POLÍTICA JÁ (parte I)

Esta é a tônica que corre em Brasília e também em boa parte do empresariado brasileiro, de que o mandato de Lula deva se estender até 2012.

Obviamente, haverá resistências, principalmente por parte daqueles que até então não conseguem ver o que este presidente tem feito por este país, ao qual, penso que devamos ter orgulho disto. Eu preciso dizer ou você tem acompanhado os noticiários?

Mas, não é este o foco do meu discurso e sim, da necessidade de acabarmos com essa ciranda de políticos que ora estão vereadores, ora concorrem a deputados (Estadual e Federal) e assim por diante. A idéia central, para mim, é que com a extensão do mandato de Lula, teremos finalmente apenas um ano para ir às urnas e acabar com essas baboseiras que trancam o país a cada dois anos. Empresários, profissionais liberais, artistas e outros, sabem muito bem o que isso representa.

É muito importante participarmos deste processo, bem como apoiarmos esta iniciativa. Claro que tem um preço a pagar por isto, saber; aqueles candidatos a vereadores e prefeitos que se elegeram ou se re-elegeram e que não contam com percentuais expressivos, o que significa que não caíram nas graças de pelo menos a metade da população, também terão seus mandatos estendidos, mas será o último e dentro deste mesmo foco, quase não poderão contar com apoios de correligionários em outras esferas, porque também estarão envolvidos em suas eleições. O que vale mesmo em todo este discurso é que: A ELEIÇÃO SERÁ DE PRESIDENTE A VEREADOR, pronto e ponto.

Ainda neste contexto e aí já entramos na reforma política, tratarão também do financiamento público de campanha, uma proposta já emitida por Lula e penso que pode minimizar ainda mais os efeitos do poder econômico nas eleições. No entanto, o ideal seria mesmo a não obrigatoriedade do voto. É certo que os candidatos teriam que se esforçar muito para levar o eleitor as urnas.

Em suma, acabar com a ciranda é preciso, fazer a reforma política é indispensável, mas, a questão é: você está disposto (a) a encampar o processo ou vai ficar de braços cruzados atido (a) ao passado presente do paternalismo?

A inércia e conivência de muitos do que está aí instituído acabam prejudicando num futuro não muito distante, até mesmo estes. Portanto, tome o seu partido, exerça definitivamente o seu direito democrático e ajude a virar a página desta sórdida história há muito constituída e o pior; na maioria das vezes, sem nos consultar. Pense nisto e envie este e-mail a todos os seus contatos e peça para que façam o mesmo.

Vamos dizer ao ?poder? que quem manda, quem paga seu salários para defender nossos interesses somos nós, vamos deixar claro que empregados obedecem ao que o patrão quer que seja feito, do contrário; é demitido.

                                                                                     Luigi Matté

                                                                            www.luigimatte.com.br

                                                                                          Continua


Veja mais em: Política

Artigos Relacionados


- Vereador-representate Do Povo Nas Cidades (certo Ou Errado)
- O Prato De Prata
- Terceiro Mandato - De Tese A Realidade, Uma Sequência De Obstáculos
- Lula Escolhe Aparelho último Colocado E Mais Caro Como Novo Caça
- Fhc Versus Lula
- PÃo E Circo Os Bastidores Da PolÍtica
- Http://pt.wikipedia.org/wiki /luiz_in%c3%a1cio_lula_da_si Lva

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online