PUBLICIDADE

Página Principal : Antropologia


Yggdrasil e o Ragnarok



Toda a existência é sustentada por um freixo gigante, Yggdrasil, a Árvore Mundo. Seus galhos pendem acima de Asgard e suas raízes estendem-se através dos mundos. Uma das raízes vai até a Fonte da Sabedoria em Jotunheim, lar dos gigantes de gelo. Esta fonte é guardada por Mimir, o sábio, pois Odin pôs sua cabeça cortada próxima à fonte com esta finalidade. Odin quis beber da fonte, mas Mimir impôs uma condição: que ele desse seu olho direito. Odin não hesitou e deu seu olho em sacrifício para a fonte em troca de ganhar sabedoria secreta. Há uma raiz que alcança Midgard, sob a qual vivem os homens, e outra das raízes sobe até Asgard, ao lado da qual há uma nascente de águas claras, a Fonte de Urd (ou fonte do destino), tão sagrada que ninguém pode beber dela. É para esse local que os deuses convergem todos os dias, atravessando a frágil ponte do arco-íris, para sentarem ao lado do poço e realizar seu conselho, onde analisam e julgam os atos humanos. É também neste local onde vivem as Nornes, responsáveis pela fonte, e é de lá que elas guardam Yggdrasil. Uma outra raiz estende-se para Nifleheim, agora um mundo gelado e vazio governado por Hel, e mergulha em Hvergelmir, o ponto de origem dos rios que contribuíram para a criação do mundo. É neste lugar que a grande serpente Nidhoggr e sua prole rói as raízes da árvore. Quando ela finalmente conseguir matar a árvore, no fim dos tempos, a estrutura inteira entrará em colapso e o universo cairá, esmagando-se. Este constante roer é a razão pela qual as Nornes devem guardar a árvore, e também o porque da árvore compreender o sofrimento dos mortais.
Os deuses de Asgard vivem sob o peso de uma profecia sobre o fim de seu mundo. Assim que Nidhoggr roer a última raiz de Yggdrasil e o lobo Fenrir engolir o Sol, os gigantes e seus aliados irão levantar-se contra os deuses em uma terrível batalha chamada Ragnarok (o Crepúsculo dos Deuses). Esta batalha, que terá lugar no campo chamado de Vigrid, será a batalha final entre deuses e gigantes, durante a qual Surtur queimará o mundo e os gigantes vão vencer Odin, os outros deuses, e todos os grandes guerreiros que estão vivendo no salão de Odin do Valhalla. Os deuses gastam seu tempo preparando-se para esta batalha tanto quanto esforçam-se para tentar adiá-la. Eles agem assim porque sabem que o Ragnarok não é realmente o fim de tudo, ele marca o fim de um ciclo, um ponto onde o mundo remodela-se e começa outra vez. Alguns deuses, incluindo Balder, Hod, os filhos de Thor (que herdarão Mjolnir) Modi e Magni, Vali e Vidar (ambos filhos de Odin), estão destinados a sobreviver e a ajudar a reconstruir o novo mundo, pois há uma profecia que diz:
?Após a derrota dos deuses,

Quando o Sol ficar negro, a terra afundar no mar,

As estrelas quentes caírem do céu

E o fogo lamber a própria abóbada celeste,

Surgirá um novo Céu e uma nova Terra,

Igualmente envolta em beleza maravilhosa,

Moradas com tetos de ouro.

Campos sem sementes darão frutos maduros

Em estado de felicidade eterna.

Virá, então, o reino Daquele que é mais elevado que o próprio Odin,

Aquele que está para além do alcance do mal,

Maior que tudo e todos.

Mas não ouso sequer mencionar seu nome.

E há poucos que podem ver para além

Do momento da queda de Odin.?


Veja mais em: Antropologia

Artigos Relacionados


- Transformers
- Você Sabe Quem E Deus.
- RevoluÇÃo Social ? O Mito Da
- A Grécia De Homero E Hesíodo
- O Mito Grego Da Criação Do Homem
- Os Deuses Gregos _ A ReligiÃo Na GrÉcia Antiga..
- Os Guardiões Da Semente

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online