PUBLICIDADE

Página Principal : Antropologia


Racismo versus indenização.



Racismo e indenização.Duas coisas estão sempre presentes em qualquer manifestação de uma idéia e sempre uma é ruim e a outra boa...O Racismo existe aqui no Brasil e em qualquer lugar do mundo inclusive na África. Existe racismo do branco contra o negro, do branco contra o índio, do branco contra o judeu, do branco contra o amarelo,( se é que ainda chamam os japoneses e chineses de amarelos), do branco contra o mulato mas; existe também o racismo do negro contra o branco, do negro contra o amarelo, do negro contra o índio e do negro contra o próprio negro. Existe também o racismo do amarelo contra o branco ou o negro ou contra as demais "raças".Já ouvi negros, brancos e amarelos referirem-se a sí próprios como seres superiores e já ouvi também gente de certos estados brasileiros agir da mesma forma com referencia a outros estados e em meu tempo de vida já vi isso ocorrer com gente de qualquer estado. Ou seja sempre há um imbecil que se acha o tal e coloca isso como um fator de raça, cor ou nacionalidade.Tenho conhecidos que dizem que há uma herança genética de tal maneira que daria as mesmas qualidades do pai ao filho. Outro boçalidade! Se assim fosse o filho do Einstein seria um gênio, o filho do Pelé seria outro artilheiro, e seria muito facil determinar o futuro de cada um.Segundo conceitos mais modernos não há raça humana.Então hoje em dia essa idéia prende-se a fatores visíveis como é o caso da cor da pele. Outros traços seriam altura, tipo de olhos, estrutura óssea, etc.O que normalmente ocorre é que quando alguém começa a se sobressair la vém a idéia de girico na boca do cara:- Isso so podia vir de um........Eu pude observar em minha vida que tudo que começa a receber cerca começa a criar um rivalidade. Por exemplo; o cara vira religioso e pronto aqueles que não fazem parte de sua religião começam a ser criticados e discriminados. O cara é judeu ortodoxo e não quer que sua filha case com quem não seja judeu e reclama do anti-semitismo! O cara é rico e sua filha não pode casar com pobre! Por ai vai....Conheci dois caras que viviam metendo o pau em negros e qual não foi meu espanto quando eles me apresentaram suas esposas. Advinham a cor delas. Enfim eu me cansei de ver as coisas mais estúpidas sair da cabeça dos homens.Sou contra qualquer manifestação de raça ou que tenha conotação com raça por que sejam elas de boa ou ma intenção ativam a idéia de racismo e colocam uns contra os outros. Tenho ouvido muito falar de indenização que eu acho que é uma coisa que pode enriquecer malandros pois sempre são os malandros que se beneficiam de certas ocasiões e leis. Dificilmente a vítima real é recompensada.Eu olhando para mim mesmo não sou escuro o suficiente para que me chamem de negro e nem mulato mas também não sou suficientemente claro para que me chamem de alemão ou branco e um holandês achou que eu deveria ter descendência de índio. Bo deixa eu esclarecer aqui uma coisa: - Eu sou descendente de imigrantes da Europa que eram relativamente ruivos e de um mulato baiano que se casou com minha avo. Minha mãe já então casou-se com meu pai que era descendente de português pobre. Essa minha avo veio após a libertação dos escravos no Brasil e trabalhou como escrava em fazendas onde não só perdeu a saúde e morreu pobre e sem aposentadoria alguma. Como escrava? Sim como escrava mesmo sendo branca. E não veio para ca por que quis veio por obrigação de seus pais que saíram de onde estavam por falta de trabalho para tentar alguma coisa aqui no Brasil e não ficaram ricos como poucos imigrantes ficaram. Deste lado branco de minha descendência eu não me vejo com dívida com ninguém . Do lado de meu pai que apesar de descendente de portugueses não eram donos de nenhuma fazenda e portanto não tinham nenhum escravo eu também não me vejo devedor a ninguém. E do lado de meu avo, mulato baiano, eu sou credor !Disse isso para mostrar aqueles que defendem indenizações que nem todos descendentes de brancos devem aos negros. A história é vasta e complicada e muita gente foi vitima no passado de injustiças e essas injustiças ninguém conseguira reparar com verdadeira justiça não. Na Inglaterra muitos judeus tiveram famílias inglesas como empregadas com suas camas junto as máquinas e essas morriam de trabalhar sem a mínima assistência e recompensa e eram todos brancos. Não discordo de que houve injustiças o que discordo é querer receber hoje quem talvez nunca sofreu por nada e quer é se locupletar de erros de um passado que não participou como eu não senti o sofrimento de meus parentes passados e se for para indenizar eu também quero minha parte mas como irei provar que alguém me deve? Na certidão de nascimento de minha mãe esta escrito que ela era parda! O que é isso? Parda?. É preciso tratar de certas coisas com comedimento e é bom lembrar que para matar os judeus na Alemanha eles usaram o argumento de que no passado os judeus haviam matado Jesus Cristo! Não devemos criar uma nova espécie de racismo...Pensem.


Veja mais em: Antropologia

Artigos Relacionados


- O Negro No Futebol Brasileiro
- Apartheid E Nelson Mandela
- "tempo De Matar"
- O Século Inacabado _ A América Desde 1900
- Preconceito
- A Cor Do Dinheiro
- O Dna Do Racismo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online