PUBLICIDADE

Página Principal : Antropologia


Anti-semitismo



Desde de o surgimento do cristianismo e de sua primeira institucionalização, no século IV, com a Igreja de Roma;cristãos e judeus vivem em asperos conflitos,

 Os cristãos nunca deixaram que a religião judaica, que firmou a primeira revelação di Deus Único, negasse a encarnação deste Deus em Cristo, como Messias, o Salvador Ungido.

 Até o seculo a Europa conheceu o fenomeno anti-judaísmo, ou seja, a negação da religião judaica como manifestação de fé.

 A igreja católica perseguiu milhares de judeus por meio da Inquisição, especialmente nos seculos XV e XVI, com a finalidade de cristianiza-los.

 Não se encarava o judaismo como raça e, o judeu convertido ao cristianismo deixava de ser judeu.

 A partir do século XIX,  surgiu o  anti-semitismo, que definia o judeu como ?tipo racial inferior?.

 O anti-semitismo deveu-se a fatores politicos, foi uma das maneiras de se organizar partidos de massa visando a conquista do poder.

 O anti-semitismo surgiu em paises nos quais o advento do  Capitalismo abalou as bases da sociedade tradicional, levando a pequena burguesia, os artesãos e a parte da classe operaria _ prejudicados pela modernização, a confundir judaismo com capitalismo. Nascendo assim o estereotipo do ?judeu capitalista ou explorador?.

 Os judeus não tinham a representação jurídica de um Estado.

 O anti-semitismo _ ideologia eupeia que se difundiu no mundo oriental _ teve sua mais violenta manifestação no nacionalismo-socialismo-nazismo, cuja ?solução final do problema judeu?, levou ao holocausto 6milhões de judeus, aniquilados em campos de exterminio.



Veja mais em: Antropologia

Artigos Relacionados


- Jesus
- Inquisição E Cristãos-novos
- Intolerância Religiosa Na Igreja
- Mein Kampf (minha Luta)
- Inquisição
- As Origens Do Cristianismo
- Pilares Da Fé - Judaísmo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online