PUBLICIDADE

Página Principal : Antropologia


A Questão Racial no Brasil



A lucratividade do trafico negreiro e o interesse das primeiras oligarquias agrárias em mão-de-obra escrava estimularam a vinda do negro africano para o Brasil.

 Os índios eram protegidos pelos padres que tentavam protege-los da escravidão imposta pelo europeu, vivendo nas missões ou reduções jesuíticas da Amazônia, sudeste e sul do Brasil.

 Os índios além de não possuírem anticorpos para as doenças dos brancos, foram brutalizados na tentativa de escravidão, sendo violentamente dizimados, restando poucos deles na atualidade.

 O negro era trazido da áfrica e explorado pelo português.

 Eram péssimas as condições de vida e trabalho dos escravos africanos. Os maus tratos eram terríveis, absoluto o descuido com os doentes e gestantes e o crescimento vegetativo do negro era negativo no Brasil.

No século XVIII, em função da mineração aurífera em Minas Gerais, começaram a surgir os negros ?forros?, cativos libertos por seus proprietários interessados em estimula-los a descobrir o precioso metal.


Veja mais em: Antropologia

Artigos Relacionados


- Memórias Da Escravidão
- Colonização Do Brasil Nos Séculos Xvi E Xvii
- A Ocupação Do Brasil. In: O Povo Brasileiro
- História Do Brasil
- Colonização Do Brasil E Capitanias Hereditárias
- Espelhos, Uma História Quase Universal
- O Cenário Racial No Brasil No Século Xix

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online