PUBLICIDADE

Página Principal : Antropologia


No século da biologia: o corpo erógeno



Formou-se no meio dos estudiosos a idéia de que o século XXI seria o século da Biologia. Para Ilka Franco Ferrari, o laço comum da atualidade não é mais nem a religião, nem a política, nem o laço social, mas sim o corpo. O corpo é superfície e território colonizado pela imagem, mas também pelas representações da época. Segundo Ilda Franca Ferrari, ?A vida não morre, morrem os corpos? . Sem a vida não há gozo. O gozo somente é possível a partir de um corpo. A autora conclui que a constatação da existência de fragmentação colocam em questão o modelo imaginário e a identidade de corpo. 




Veja mais em: Antropologia

Artigos Relacionados


- Corpo E Marca Publicitária Na Sociedade Das Imagens
- Imagens Do Corpo E Cultura De Consumo
- O Corpo Acessório. In: Adeus Ao Corpo: Antropologia E Sociedade
- Adeus Ao Corpo
- Fédon - Teoria Pitagórica Relativa à Imortalidade Da Alma
- Viagem Astral
- A CondiÇÃo Cyborg

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online