PUBLICIDADE

Página Principal : História


Moçambique 1489-1975



"No decurso do Século XIX viveu em Moçambique, ao serviço de Diocleciano Fernandes das Neves, um caçador de elefantes e guerreiros de etnia ronga, de nome Savane. Em 1864, por ordem daquele, Savane e alguns dos seus guerreiros escoltaram a expedição do caçador inglês John Chambers onde se integravam os seus familiares (mulher, Diane Fourie e quatro filhos), o cunhado Daniel Fourie e a família de Jakobus Lottering entre outros, os quais, fugidos do Transvaal, dirigiam-se para Sofala, a fim de apanharem um barco que os levasse para Inglaterra. Durante o percurso, a expedição foi vitimada por doenças, ataques de animais e de gentios locais, acabando a mesma desmembrada com o falecimento dos quatro filhos do casal Chambers, de Daniel Fourie, devorado por um crocodilo no rio Save e da mulher e do filho de Jakobus Lottering, de febres, acabando este por retornar ao Transvaal. O casal Chambers atinge Sofala mas Jonh Chambers, numa última caçada a elefantes, para arranjar proventos que financiassem a viagem acaba, ele também, por morrer de febres, em 1865. Savane, honrando a sua palavra, recusa-se a abandonar a viúva Diane Fourie e inicia a viagem de retorno, para Origsthad, no Transvaal, escoltando-a no meio de inúmeros perigos e acabando por entregá-la, sã e salva, aos familiares da mesma. De seguida regressa a Lourenço Marques, apresentando o relato dos factos a Diocleciano Fernandes das Neves. Pela sua postura vertical, Savane e os seus homens demonstraram uma elevada estatura moral e um apurado sentido de honra, tão escasso naquelas épocas conturbadas invertendo, por um breve lapso de tempo, a inexorável lei da supremacia totalitária do mais forte sobre o mais fraco. Este livro é uma homenagem a Savane e a todos os que, como ele, ao longo dos tempos mantiveram acesa a chama humana da ética e da honra?.(Alexandre A. Ferreira, 2007) (pág. 7). Assim se dá como iniciado um dicionário de história de Moçambique, de excepcional qualidade, editado pela Prefácio Edição de Livros e Revistas, Lda., em que seu autor Alexandre Ferreira, relata a história desde o período quinhentista até à independência daquele País, de uma forma simples e de fácil consulta. ALEXANDRE A. FERREIRA nasceu em Moçambique e foi aí que cresceu e atingiu a idade adulta. Depois do seu percurso escolar integrou a Administração Pública, onde se manteve até à sua vinda para Portugal. Desde sempre sentiu profundo interesse pelo conhecimento das origens do povo moçambicano, o que o levou a investigar este assunto, assim como, os aspectos relevantes da história deste país. Actualmente, desenvolve em Portugal projectos no âmbito da bibliografia. Este dicionário histórico encontra-se dividido em três partes, sendo que na primeira parte o autor aborda uma breve resenha política, geográfica e histórica de Moçambique, permitindo ao leitor ter uma percepção gradual de diversos aspectos como a sua organização administrativa, dimensões e limites geográficos, diversas características geográficas da sua superfície terrestre, hidrografia, orla marítima, clima, fauna, flora, subsolo. Reporta ainda alguns dados históricos, desde a colonização pelos portugueses até à guerra da independência. Na segunda parte do livro dá-se início a um pequeno, mas de grande qualidade, dicionário generalista de Moçambique, permitindo ao leitor adquirir conhecimentos linguísticos e conhecer a biografia de personagens que marcaram a história de Moçambique. Na última parte deste dicionário existe um resumo cronológico que se reporta aos Capitães de Moçambique; Capitães de Sofala e Moçambique; Governadores de Moçambique, Sofala, Rios de Cuama e Monomotapa; Capitães Generais; Governadores-gerais; um pequeno resumo cronológico da história de Moçambique; dados estatísticos; correspondência de nomenclaturas (cognomes, nomenclaturas geográficas, Ilhas, Lagos, Localidades, regiões, Montes, Serras, Penínsulas, Rios. Considero uma ajuda preciosa para todos os estudiosos de história de Portugal, especificamente de história colonial ou de Moçambique, pelo que recomendo vivamente este livro.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- African Literature And The Politics Of Gender
- O Códex 632
- A Mulher Em Africa
- Obra C/o A Maravilhosa Expedição Dos Exploradores Portugueses, Sobre Africa
- O Dia Do Terramoto
- A Língua Portuguesa No Mundo
- Novo Manual Didático De Pesquisas

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online