PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


Empresas sem dono



EMPRESAS
SEM DONO

Artigo da
revista Exame, editora Abril, edição 860, nº 02, ano 40, fevereiro 2006

Com quase dois séculos de atraso, um
traço cultural do capitalismo brasileiro vai aos poucos, entrando na era das
EMPRESAS sem dono, ou seja, o controle das empresas é dividido entre centenas
ou milhares de acionistas. Esta mudança deverá significar uma alteração
importante no perfil dos negócios brasileiros.Como exemplo, temos os Estados Unidos que
desde 1813 adotou esta prática. Hoje, quem controla uma empresa de capital
aberto detém, em média, 20% do total de ações. É uma realidade bem diferente da
brasileira. Uma pesquisa realizada em 2005, pela Coppead, a escola de negócios
da Universidade Federal do Rio de Janeiro, mostrou que 90% das companhias
nacionais com capital aberto em bolsa têm um único controlador e, em média,
esse dono possui 76% do capital.Há vantagens para as empresas que
pretendem adotar a pulverização de seu capital. A principal vantagem desse tipo
de negocio é a captação de recursos a custos relativamente mais baixos. Trata-se
do mesmo benefício proporcionado às empresas que decidem abrir o capital em
bolsa.A mudança do controle acionário implica
em diferenças importantes na forma de administração das empresas que assim
optarem. Por exemplo, o presidente de uma dessas empresas tem apenas como
preocupação demonstrar os aspectos financeiros, ou seja, o resultado sobre a
rentabilidade, tendo um conselho de administração que fiscaliza dia-a-dia tudo
o que se faz. A
erradicação do controlador solitário pode ajudar a atrair mais investimentos
para as bolsas brasileiras, pois, a falta de confiança nesse tipo de
administração é um entrave para investimentos.


Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- A Lei Que Tirou A Parmalat Do Sufoco
- Mercados Internos De Trabajo E Analisis Laboral
- Barão De Mauá: A Ousadia Empresarial
- 800 Milhões De Novos Consumidores
- Evolução Administrativa _ Brasil Colônia
- AdministraÇÃo De Estoques
- Menos Reengenharia E Mais Inovação No Produto

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online