PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES



ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES

POLÍTICAS DE ESTOQUES

A
função de planejar e controlar estoques são fatores primordiais numa boa
administração do processo produtivo. Preocupa-se com os problemas quantitativos
e financeiros dos materiais, sejam eles matérias-primas, materiais auxiliares,
materiais em processo ou produtos acabados.

Cabe
a esse setor o controle das disponibilidades e das necessidades totais do
processo produtivo, envolvendo não só os almoxarifados de matérias-primas e
auxiliares, como também os intermediários e os de produtos acabados. Seu
objetivo não é deixar faltar material ao processo de fabricação, evitando alta
imobilização aos recursos financeiros.

Nosso
objetivo é demonstrar quão importante é o planejamento de estoque para o
resultado financeiro de uma empresa, e visualizar seu alto impacto no custo do
produto. Dentro das múltiplas atuações do planejamento dos estoques e pelo fato
de sua atual configuração estar acompanhando os volumes e projeções de vendas e
o processo de manufatura, são imperioso que o sistema seja atualizado
constantemente e que tenha a flexibilidade para acompanhar as constantes
mudanças de mercado. A seguir, uma lista e simplificada dos objetivos do
planejamento e controle de estoque.

Assegurar o suprimento adequado de
matéria-prima, material auxiliar, peças e insumos ao processo de
fabricação;Manter o estoque o mais baixo possível para
atendimento compatível às necessidades vendidas;Identificar os itens obsoletos e defeituosos em
estoque, para eliminá-los;Não permitir condições de falta ou excesso em
relação à demanda de vendas;Prevenir-se contra perda, danos, extravios ou
mau uso;Manter as quantidades em relação às
necessidades e aos registros;Fornecer bases concretas para a elaboração de
dados ao planejamento de curto, médio e longo prazos, das necessidades de
estoque;Manter os custos nos níveis mais baixos
possíveis, levando em conta os volumes de vendas, prazos, recursos e seu
efeito sobre o custo de venda do produto.

Existem diversas maneiras e métodos de planejar e controlar estoques,
alguns muito simples, outro complexos. Cada método tem sua aplicação
diferenciada e determinada e que não pode ser utilizada indistintamente por
todo o sistema. Deparamo-nos com sistema de:

Quantidade econômica de requisições;Lote econômico;Lote padrão de requisição;Estoque mínimo;Estoque de equilíbrio.

O método
ideal irá depender da empresa e de seu sistema, porém, devemos ter sempre em
nossa mente o custo do estoque, e os melhores resultados obtidos pelas empresas
vencedores são fundamentadas no perfeito planejamento de seus recursos na
logística.

Para
fazermos uma análise imediata de como está o planejamento de estoque de uma
empresa e conseqüentemente sua gestão de estoques é comum utilizar-se da
avaliação de Retorno de Capital de Giros de estoques.

RETORNO DE CAPITAL

A
avaliação do Retorno de Capital investido em estoque (RC) é baseada no lucro
das vendas anuais sobre o capital investido em estoques. Como
parâmetro de validade de uma boa administração de estoques, o retorno de
capital deve situar-se acima de um coeficiente 1 (um). E quanto maior for o
coeficiente melhor será o resultado da gestão de estoques.

RC ?
retorno de capital

L - lucro

C - capital em estoque

RC = L / C

Exemplo:

Conforme
fórmula anterior, exemplificaremos com um caso hipotético em que uma empresa,
tendo como vendas anuais $ 1.200.000,00 e sue lucro anual de $ 65.000,00, tem
em seus estoques (matéria-prima, auxiliar, manutenção, produtos acabados ETC)
um investimento de $ 240.000,00. Qual será o seu retorno de capital em
estoques?

Avaliando-se
um concorrente da empresa acima mencionada, que tem os mesmos dados, exceto seu
estoque, que é de $ 35.000,00. Qual será o seu retorno de capital em estoques?

O coeficiente ideal
para retorno de capital em materiais é ao redor de 15 a 25.


Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- Logística
- Mega Memória - Recessão
- Macroeconomia Neokeynesiana
- Qual A Importância Da Economia Para Futuros Administradores?
- Empresas Sem Dono
- Crise Dos Anos 70 E A Necessidade De Reestruturar O Setor Produtivo Dos Paises AvanÇados - Parte I
- Taylor E Adminstração -taylorismo Ou Administração Científica

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online