PUBLICIDADE

Página Principal : História


DO CACAU AO CHOCOLATE



A história do cacau e, consequentemente, do chocolate, tem sua origem bastante remota e não se pode determinar quem o descobriu ou utilizou pela primeira vez.O pouco que se sabe está envolto pela mitologia. Conta uma lenda asteca que Quetzalcoatl, deus da lua, roubou uma árvore de cacau da terra dos filhos do sol, para presentear seus amigos, os homens, com aquela delícia dos deuses.Essa lenda deve ter influenciado Carlos Linnaeus, botânico sueco, que classificou a planta, denominando-a Theobroma cacao do grego Theo (Deus) e broma (alimento).Apesar de tudo, tem-se certeza de um ponto: o cacau é originário das regiões tropicais das Américas do Sul e Central.Quando os espanhóis, sob o comando de Fernando Cortez, iniciaram a conquista do México, em 1519, notaram que os nativos ofereciam aos deuses, estranhos tabletes escuros. Ficaram intrigados, mas logo descobriram sua origem: eram feitos dos frutos do cacaueiro, uma árvore quase sagrada para os índios.Os astecas chamavam de cacahuatl o fruto da árvore e de tchocolath a bebida fria e espumante, preparada por ele. Foi, aliás, com uma taça dessa bebida que o imperador Montezuma recebeu Cortez pela primeira vez, em sinal de boas-vindas e de consideração.No começo, entretanto, os espanhóis não apreciaram o chocolate. Cortez teve que impor-lhes seu uso, pois, como escreveu ao imperador Carlos V, "uma taça da preciosa bebida permitia aos homens caminhar um dia inteiro sem necessidade de outros alimentos"."Pelas virtudes maravilhosas" e uso cada vez mais difundido, o cacau acabou se transformando em moeda. Dez favas valiam um coelho. E por 100 favas de primeira qualidade adquiria-se uma escrava.O CACAUEIROO cacaueiro, também chamado palmeira-cacau, é uma planta da família das sterculiaceas e sua árvore tem uma particularidade: dá ao mesmo tempo brotos, flores, folhas e frutos.A altura do cacaueiro varia entre 4 e 12 m., mas na América tropical pode chegar a 15 m. Tem uma casca fina e lisa. Sua madeira é rosada, porosa e leve.Os frutos são alongados, cheios de sulco. Seu tamanho e confomação, variam conforme a espécie, variedade, solo, clima e qualidade da árvore. Medem, em média, de 12 a 20 cm. de comprimento. Pesam entre 300 e 600 g. e têm no interior uma polpa branca, viscosa, contendo de 20 a 50 sementes: as favas de cacau.Existem mais de 16 espécies de cacau, mas duas são as mais comuns: Theobroma cacao L (criollo venezuelano) e Theobroma leiocarpun Bern, o nosso cacau forasteiro ou cacau roxo, como é mundialmente conhecido. O cacau roxo se subdivide nestas quatro variedades: Comum, Pará, Maranhão e Catongo.ONDE HÁ CACAU?Árvore tropical, o cacaueiro é cultivado em áreas tropicais e subtropicais, caracterizadas pela fertilidade do solo e pelo equilíbrio das condições climáticas, pois é bastante sensível aos excessos de chuva e sol. O cacau chegou ao Brasil, pelo Estado do Pará, em 1746, sendo posteriormente levado para o Estado da Bahia, onde a cultura se desenvolveu em bases econômicas.O cacaueiro exige temperatura sempre superior a 20 graus e, por isso, sua faixa ideal para cultivo, no Brasil, fica entre os Estados do Espírito Santo, Bahia e Rondônia. O maior produtor nacional é a Bahia, com 75% da colheita brasileira (era de 96,9% antes do surgimento do fungo da vassoura de bruxa).O Brasil liderou a produção mundial de cacau no período entre 1905 e 1910, ocupando hoje o 5º lugar, com uma previsão de produção para a safra internacional 2.000/2001 de 150.000 toneladas. Hoje, a liderança mundial da produção de cacau pertence à Costa do Marfim-África, com 1.332.000 toneladas.A INDÚSTRIA CHOCOLATEIRA NO MUNDOA partir de 1520, a Espanha começou a receber as primeiras remessas de cacau. Foi nesse país que surgiram as primeiras indústrias chocolateiras, no fim do século XVI.Em 1659, Luiz XV concedeu a David Chaliou, oficial da rainha, o privilégio de "fabricar e vender, por 19 anos, uma composição que se chamava chocolate" . Nascia, assim, a primeira fábrica francesa de chocolate.Em 1778, o francês Doret desenvolvia uma máquina para moer, misturar e aglomerar a massa de cacau. Em 1819, em Paris, era construída por Pelletier a primeira fábrica que utilizava o vapor no seu processo de fabricação. No mesmo ano, François Louis Cailler fundava em Vevey a primeira fábrica suíca de chocolate. Em 1831, Charles-Amedée Kholer se estabelecia com outra fábrica em Lausanne, Suiça.Em 1.765 surge a primeira fábrica de chocolate nos Estados Unidos, a Cia. Baker.Assim nascia uma verdadeira indústria chocolateira, com os processos mecânicos substituindo os métodos artesanais.CHOCOLATE COM LEITENa Suiça, a indústria do leite condensado daria impulso novo à do chocolate. Em 1870, em Vevey, o laboratório de Henri Nestlé ganhou um vizinho, Daniel Peter, que ali se instalara com uma pequena fábrica de chocolate. A recente descoberta de Henri Nestlé - que associara leite à farinha - deu a Peter a idéia de juntar leite ao chocolate que, até então, se compunha unicamente de cacau e açúcar.O chocolate tornou-se alimento de primeira necessidade e fazendo parte da ração de emergência dos soldados nas Primeira e Segunda guerras mundiais, denominada ração "D".


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- A IndÚstria Chocolateira No Brasil
- Brasil, 509 Anos ? O Gado E O Cacau
- Charlie E A Fábrica De Chocolate
- Grupo Decifra A Genética Do Cacau Podre
- Região Cacaueira
- Http://pt.netlog.com/kharame La/blog/blogid=1297779#blog
- Expansão Territorial Do Brasil E Os Tratados De Limites

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online