PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


MERCOSUL: Realidade do Sonho.



A verdadeira realidade do MERCOSUL é explicitada nessa obra, seu funcionamento, suas políticas para desenvolvimento dos países membros na América Latina ou até mesmo sua falência. O Brasil por exemplo, ainda é desconhecido em sua capacidade de nação para desenvolvimento de negócios e investimentos de capital. Considerado durante muitos anos com subdesenvolvido apresentava um sério risco para esses investimentos. Kuwahara apresenta, 2001, p.15:
?
Ao longo da última década, os países latino-americanos alternaram alcunhas de bola da vez. em crises financeiras e emergentes para os capitais voláteis. O fato é que há mais de quinhentos anos da chegada oficial dos ibéricos ao Continente, inserida num mundo globalizado, a América Latina figura como ilustre desconhecida para muitos. O Novo Mundo. descoberto por Colombo em 1492 apresentava um caráter de dupla novidade, pois além de não figurar da geografia de Ptolomeu, sendo, portanto, ignorado pela Europa, a descoberta permitia a renovação do mundo conhecido?.

A Obra apresenta textos coordenados por Maria Nazareth Ferreira como: de Mônica Yukie Kuwahara - América Latina: Desenvolvimento ou Morte; Em Busca da Fala da Sociedade; Andréia Rodrigues Os Países do MERCOSUL Frente à Globalização; Maria Nazareth Ferreira - O Brasil e seus Parceiros na Construção do MERCOSUL; Dina Estella Trascher - A Imagem da Integração nos Meios Impressos: Sugestões Metodológicas; Liamara Guimarães Paiva - A Imagem da Integração nos Meios Impressos: os Resultados da Leitura Crítica dos Jornais,Turismo no MERCOSUL; Denis Maracci Gimenez - As Transformações Contemporâneas sob a Perspectiva da Crise atual do Capitalismo, Globalização, Neoliberalismo e o Mundo do Trabalho; Carla Aparecida dos Santos - Os Desafios da Integração.
Ainda, temos as crises de grande repercussão na América Latina dando ênfase a Argentina e ao Brasil, seus acordos com o FMI, ENFRAQUECENDO ESSE ACORDO DE COMÉRCIO COMUM PARA DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO. Emir Sader, 2001, p.12:
?Na nova divisão internacional do trabalho, o Norte do mundo congrega 20% da população do mundo, dispondo de 85% da riqueza mundial, enquanto o Sul, agrupando 80% da população mundial, conta com apenas 15% da riqueza, pessimamente distribuída. Não por acaso exatamente no Norte é que se situam os três grandes mega-mercados, que dirigem o processo de internacionalização, em que existem ? globalizadores - os do Norte e ? globalizados - os do Sul. O MERCOSUL, com todas suas limitações, apontadas neste livro representa, o único projeto significativo de integração regional entre os países do Sul. Seu início despretensioso se transformou, conforme a integração do continente desde a América do Norte, a partir do Nafta, fracassou, pela crise mexicana de 1994 ... Intensificou os intercâmbios regionais ... se estendeu na direção do Chile, da Bolívia e até mesmo dos países do Pacto Andino, em processo de Desagregação?.

Com a crise brasileira de 1999, as diferenças cambiais se acirraram forçando novos acordos com o FMI. Daí o enfraquecimento deste projeto chamado MERCOSUL, Facilitando para os EUA implantarem a Área de Livre Comércio das Américas (Alca).
Os EUA tinham como objetivo a extensão e consolidação da hegemonia desta nação norte-americana sobre todo o continente da América do Sul, a Doutrina Monroe com conotação voltada à economia. Segundo Emir Sader, 2001, p.12:
?Para um país como o Brasil, a alternativa é clara: ou comanda um processo de extensão e aprofundamento do MERCOSUL, incluindo uma política de alianças mais além dessas fronteiras, na direção de países como a China, a Índia, a África do Sul, entre outras potências do Sul do mundo ou será transformado numa zona franca como é a situação atual do México...um programa radicalmente distinto do atual, que privilegia o ajuste fiscal em relação ao desenvolvimento econômico, como requer a associação entre soberania política e justiça social?.

Estes estudos têm conduzido a grandes reflexões sobre o MERCOSUL, sua importância real para o desenvolvimento dos países membros desse mercado. Desenvolvido pela EQUIPE MERCOSUL CELACC/ECA/USP em maio de 2000, é esse o objetivo deste livro:
?Os estudos iniciados no CEBELA (Centro Brasileiro de Estudos Latino - Americanos) e posteriormente desenvolvidos no CELACC (Centro de Estudos Latino - Americano sobre Cultura e Comunicação), que têm demonstrado que apesar da globalização econômica e do recrudescimento das tentativas de integração, muito pouco se sabe da cotidianiedade dos países integrantes do MERCOSUL, quiçá da América Latina?.

Desenvolver na América Latina sua capacidade de autonomia sem acirrar os conflitos internos, criando um mercado mais justo. Pois ao invés, o neoliberalismo econômico vem tomando forma e conta de tudo. Tirando até mesmo as Soberanias a nível de Nações Individuais. Segundo Kuwahara, 2001, p.18:
?Uma soberania calcada na legitimação do poder para um grupo, sem os devidos resgates à História e ao passado comum dos povos envolvidos, torna um projeto integracionista mais abrangente mera falácia, de tal forma que a idéia de soberania é invocada como contraponto ao agrupamento das nações em grupos ou blocos...uma vez que liberalismo econômico na sua vertente atual - neoliberalismo - indica que o poder econômico interno a cada país não resiste aos atentados e ditames do capital externo e à sua expansão?.

Com a abertura das primeiras propostas para a consolidação de um amplo mercado comum, fruto do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), cria-se em 1992, um Tratado para acabar progressivamente com as tarifas alfandegárias e a criação de um mercado comum entre os EUA, México e Canadá. Essa concorrência Global fez o MERCOSUL nascer diante dos megablocos, de desregulamentação e liberação dos mercados nacionais.


Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- No Google
- Mercosul
- O Neonacionalismo De Hugo Chaves
- O Futuro Lingüistico Da América Latina
- Brasil-comércio-mercantilism O
- Bid ? Banco Interamericano De Desenvolvimento
- Globalização

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online