PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


O sucesso do crescimento econômico chinês



Não podemos confundir crescimento econômico com desenvolvimento econômico. O crescimento está relacionado com o aumento da capacidade produtiva de um país, isto é, estão sendo criados mais fábricas, mais geração de energia, mais empregos, os quais preparam a sociedade para elevar a renda do país. Desenvolvimento econômico significa modernização, ou seja, transformação da sociedade para melhor. Para um país se desenvolver é preciso, além de um nível de renda elevado, uma justa distribuição de renda, elevado nível educacional, um sistem de saúde eficiente, uma infra-estrutura adequada ao sistema produtivo ligando mercados produtores e consumidores. E, principalmente, investir em seu capital humano.


A china é um exemplo de economia que tem apresentado um forte e contínuo crescimento. Sua taxa de investimento ou a formação bruta de capital fixo tem sido em torno de 28% em média, na década de 80 e nos anos de 2002 e 2003 tem ficado em torno de 40%. Esses são dados que indicam que a economia cresceu. Esse sucesso econômico tem sua causa: a China apresenta não só mão-de-obra considerável, ela vem há três décadas investindo em capital humano. Sua formação técnica foi apoiada num benchmarking de enviados pelo mundo afora. Nos principais programas de intercâmbio nas universidades da Europa e dos Estados Unidos, encontram-se salas cheias de chineses. Nos últimos 30 anos, eles têm se preparado para essa condição, mergulhando no mundo da inovação incremental. Isso se chama estratégia. Realmente, não dá para pensar em desenvolvimento se não houver investimentos em recursos humanos.


Para reduzir o grau de subsesenvolvimento, o Brasil precisa fortalecer o capital humano de sua população. Quando o capital humano experimentar elevados níveis de educação, assistência à saúde, qualificação profissional, o desenvolvimento terá o impulso do qual necessita para acontecer. A experiência chinesa comprova que um dos fatores de sucesso do arranco por ela vivido é resultado da prioridade dada às inversões em capital humano. Com isso, emergem-se estratégias de exploração dos recursos existentes que ajudam o país a obter vantagens competitivas. Com trabalhadores mais eficientes, haverá uma valorizarão, em especial, dos pequenos produtores e empresários que precisam reduzir custos com mão de obra.





Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- Economia Na China Do Século Xxi
- Desenvolvimento Economico
- O Investimento Em Portugal E O Investimento Português No Estrangeiro.
- Crise Dos Anos 70 E A Necessidade De Reestruturar O Setor Produtivo Dos Paises AvanÇados - Parte I
- Sobre A Renda Da Terra - Parte Ii
- A Educação E A Teoria Do Capital Humano
- Bid ? Banco Interamericano De Desenvolvimento

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online