PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


O que é economia política



O homem possui necessidades naturais e individuais, mas é um ser que vive em grupo, em cooperação com seu semelhante para satisfação das necessidades sociais. Para compreender como essa convivência grupal ocorre é que nasceu a economia política. Segundo essa disciplina, o objeto de estudo da economia diz respeito ao estudo dos fatos sociais em seu conjunto. Ou seja, a economia política é a ciência que estuda as relações sociais e trata das leis que regem a produção, circulação e consumo das mercadorias.


Nos primórdios da civilização, o homem trabalhava para satisfazer suas necessidades imediatas. A produção era toda voltada para o auto consumo e para o mercado local, mas a partir do século XI sucedeu um aumento das relações de troca nos mercados locais e nas feiras. No Brasil colônia, essas relações eram observadas nos engenhos e nas fazendas (milho, arroz, feijão) ou nos núcleos de imigração colonizadora européia baseada no regime de pequena propriedade. O auto consumo significava, pois, a inexistência do acúmulo de excedentes. O capitalismo, por sua vez, é uma economia de mercado que tem por objetivo o lucro. O seu desenvolvimento foi amplamente estudado por Karl Marx em sua obra: o capital.


A passagem da economia de subsistência para a economia de mercado foi possível devido a vários fatores: desenvolvimento da agricultura; maior distribuição de tarefas; desenvolvimento de instrumentos e técnicas que tornaram o trabalho mais produtivo. O aperfeiçoamento dos fatores produtivos permitiu, pois, o aumento da produção. Ao produzirem além de suas necessidades imediatas, o homem passou a trocar excedentes entre si, deixando de ser apenas um animal social para ser um animal econômico.


Portanto, a atividade econômica e o estudo da economia surgiram devido a existência de três fatores: o aparecimento do excedente econômico, a produção para troca, a divisão do trabalho e o uso de instrumentos mais produtivos. Desta forma, a economia averigua e indaga sobre as condições e causas do estado da riqueza da sociedade e dos indivíduos. Ela indaga como os meios e os modos para aumentar o potencial da riqueza e da sociedade ocorrem. De acordo com os neoclássicos, o objetivo final da atividade humana é satisfazer as necessidades humanas, para a economia marxista é a produção de mercadorias.




Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- Conceitos De Trabalho
- O Capital
- Economia De Mercado X Economia Planificada
- Economia Como OrganizaÇÃo E Como CiÊncia
- Introdução á Economia
- A Primeira Revolução Industrial
- O Mercantilismo (séc. Xv ? Xviii)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online