PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


O que determina o desenvolvimento tecnológico?



     As diversas escolas econômicas analisam a seguinte questão: ?o que determina o desenvolvimento tecnológico??, isto é, o desenvolvimento tecnológico é alavancado pelas forças de mercado ou é determinado pelo aumento da própria tecnologia? As idéias básicas analisada eram as seguintes:


a)  Tecnology-push: havia uma grande autonomia na produção científica e tecnológica que determinava as mudanças nas sociedades industrializadas.


b) Demand-pull: o mercado e outras influências econômicas sociais eram quem primordialmente determinavam a escala, a taxa e a direção da atividade de invenção e, alguns casos, da própria ciência.


     Em suas pesquisas, Freeman encontrou resultados direcionados para a interpretação schumpeteriana, isto é, há uma estreita interdependência entre a atividade técnica, científica e o desenvolvimento dos mercados, mas com a ciência e a tecnologia geralmente predominando nos estágios iniciais, e a demanda, o processo de inovações predominando de forma secundária, ou seja, dominando na fase de maturidade da indústria. ? Freeman divide o processo de inovações em quatro pontos:


1) Inovações Incrementais: Elas são particularmente importantes na fase dos seguidores (imitadores) que segue a dos grandes inovadores (empresários schumpeterianos), associados a aumentos de escalas e nova qualidade de equipamentos e produtos. Tais inovações geralmente ocorrem não como resultado de uma pesquisa deliberada, mas como resultante de invenções e aplicações decorrentes de sugestões de engenheiros e

outros diretamente ligados à produção, ou, ainda, da iniciativas a partir dos usuários.

       Ocorre correntemente na atividade da indústria e dos serviços, a taxa diferentes, dependendo da pressão da demanda e das oportunidades tecnológicas.


2) Inovações Radicais: São eventos descontínuos como resultado de pesquisas deliberadas

de ciência e tecnologia em empresas, laboratórios governamentais ou universidades. Em qualquer momento que ocorra este tipo de inovação tende a Ter um papel da maior importância como um potencial trampolim para o crescimento de novos mercados, ou no caso de radicais processos de inovação como alterações significativas nos custos e na qualidade dos produtos. As evidências de mudanças orientadas pela demanda ou pelo mercado são bem mais fracas no caso das inovações radicais.


3)        Mudanças no "Sistema Tecnológico": Trata-se de mudanças mais amplas e profundas que afetam muitos ramos da economia, ao mesmo tempo que dão lugar ao surgimento de novos setores, são baseadas numa combinação de inovações radicais e incrementais, juntamente com inovações organizacionais afetando muitas firmas.


4)     Mudanças   no   "Paradigma   Econômico-Tecnológico" (revolução    tecnológica): Implica em alterações no comportamento de todo o sistema económico, e é capaz de afetar a estrutura e as condições de produção, a distribuição de praticamente todos os ramos da economia. A expressão "paradigma econômico-tecnológico" implica um

processo de seleção econômica a partir de uma extensão de combinações tecnológicas viáveis e que toma um tempo relativamente longo para a cristalização de um novo paradigma e ainda mais longo para sua difusão em todo sistema.





Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- A Sociedade Em Redes
- Desenvolvimento Economico
- O Mercantilismo (séc. Xv ? Xviii)
- Globalização
- A Segunda Revolução Industrial
- A Sociedade Em Rede
- A Importancia Da DiverdificaÇÃo Rural Na Agricultura Familiar

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online