PUBLICIDADE

Página Principal : Economia


Os 10 MITOS SOBRE A SUPERPOPULAÇÃO



OS 10 MITOS SOBRE A SUPERPOPULAÇÃO MUNDIAL - procura desmistificar o que a mídia vem divulgando sobre o assunto. Noticiários afirmam constantemente que o planeta não comporta mais população e que faltarão alimentos; precisaríamos de três planetas iguais a Terra para atender as necessidades da população crescente. A verdade, no entanto é outra. O mundo não está superpovoado. Mais de 97% da Terra está vazia! Esta é a afirmativa que lemos no site Rafaela.com que publica ?Os 10 grandes mitos sobre a superpopulação? em noticiaserb.word.com ? em ?Generales? de 12/13/14 de agosto-2009. Vejamos resumidamente cada um dos dez itens abordados: 1- A população cresce e a cada ano acrescenta grande número de pessoas ao pequeno planeta: - Paul Ehrlich e outros estimaram que os seres humanos ocupam apenas 1/3 da superfície do planeta; atribuindo 12m² a cada pessoa, a população atual da Terra caberia no estado do Texas. Além do mais, o crescimento populacional está diminuindo, sendo que 79 países que tem 40% da população mundial, estão com taxas negativas de crescimento. Estatísticas demonstram que os índices estão abaixo do ideal para repor a população em uma geração que é de 2,1. Inclusive as previsões da ONU que eram de 10 bilhões de habitantes para 2.050, já foi reduzido para 9 bilhões na previsão de 1996. 2- A Superpopulação seria a causa do aquecimento global ? Cita a Alemanha como um dos países mais bonitos e com o meio ambiente bem conservado, informando que a densidade demográfica lá é de 600 hab/ 2,6km². 3- Redução da Camada de Ozônio por culpa da população ? acredita-se que toda essa campanha nada mais é do que favorecer novas indústrias químicas que produzem os substitutos do CFC. 4- As florestas estão desaparecendo ? A FAO estima em 4 milhões de hectares de florestas cobrindo 30% da superfície terrestre o que equivale ao que havia nos anos 50. Nos EEUU a área florestal é três vezes maior que a que existia em 1920 e continua crescendo graças ao reflorestamento com madeiras para indústria. No Brasil a FAO estima que 0,2% da área florestal está sendo destruída; porém sua densidade demográfica por 25km² é bem inferior à média mundial que é de 101 hab/km². Assim mesmo, ambientalistas continuam insistindo que é preciso limitar os espaços ocupados pelo homem. 5- Aumento da poluição do ar e chuvas ácidas- Os níveis de poluição do ar e das águas dos rios e lagos só tem aumentado nos países do leste europeu e na China, porém em áreas pouco povoadas; em contrapartida nos países como nos EEUU a poluição está sendo reduzida. 6- Outro mito é de que plantas e animais estão desaparecendo por culpa da ocupação humana. Na verdade algumas espécies estão aumentando sua população; e os cientistas ainda não sabem explicar como e porque algumas espécies desaparecem e outras permanecem. 7- Outro mito é que faltarão alimentos! Mas, segundo a FAO o fornecimento de alimentos excede as necessidades em todas as áreas do mundo. Globalmente a produção duplicou nos últimos 40 anos entre 1961-1991, além de não haver obstáculos para que a produção atenda a demanda. Apenas metade das áreas agricultáveis é usada. 8- A superpopulação seria a causa da pobreza. Esta pobreza é uma decorrência de ordem política onde os governos preferem produzir para exportar ao invez de atender as necessidades da população. Má administração com gastos excessivos com a máquina pública, altos impostos, inflação, restrições comerciais, estatizações, burocracia e excesso de regulamentações da iniciativa privada, etc. é que transformaram países africanos, Etiópia, por ex. em redutos de miséria e fome. A África tem um potencial agrícola para alimentar o dobro da população mundial atual! Países da Ásia também tem grandes desequilíbrios econômicos pela intervenção estatal (Bangladesh) provocando a migração para as cidades e um empobrecimento geral da população mesmo quando esta diminui. 9- Controle de natalidade não é um desejo das famílias como tem sido alegado; muito pelo contrário, é uma exigência de governos (incluso EEUU) que tem incentivado e até exigido o uso de métodos anticoncepcionais como condição de ajuda aos países pobres; alegam as agências de planejamento familiar que os custos da assistência social são altos e é preciso reduzir o número de nascimentos. 10- A superpopulação causa a guerra e as revoluções. - Muito pelo contrário. A África tem sido palco da maior parte dos conflitos e é uma das áreas menos povoada do planeta. O problema está nos governos dos respectivos países.

O texto é encerrado com um alerta de que o controle de natalidade é uma poderosa corrente mundial de interesses econômicos que controla grandes recursos



Veja mais em: Economia

Artigos Relacionados


- Teorias Demográficas
- Problemas Da Globalização - Injustiça Social
- Crescimento Vegetativo & Transição Demográfica
- Teoria Neomalthusiana
- Economia E Demografia
- Cop-15 (conferência De Copenhague)
- África, Um Continente Doente

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online