PUBLICIDADE

Página Principal : Ciências Politicas


Manifesto do Partido Comunista




Divulgação do ideário Comunista através da crítica da sociedade capitalista, Marx identifica no proletariado o Sujeito capaz de promover a inevitável superação desta forma histórica de sociedade.

A organização do proletariado em classe e, portanto, em partido político, para a conquista do poder político e derrubada do domínio da burguesia com a supressão da propriedade burguesa.

O Manifesto do Partido Comunista
é um documento histórico, mas que passados mais de 150 anos ainda é possível fazer sua releitura como ideário. A história de todas as sociedades que existiram até nossos dias tem sido
a história das lutas da classes. Pela exploração do mercado mundial, a burguesia imprime um caráter cosmopolita à produção e ao consumo em todos os países. Para desespero dos reacionários, ela retirou à indústria sua base nacional. As velhas indústrias nacionais foram destruídas e continuam a sê-lo diariamente. São suplantadas por novas indústrias, cuja introdução se torna uma questão vital para todas as nações civilizadas, indústrias que não em pregam mais matérias-primas nacionais, mas sim matérias-primas vindas das regiões mais distantes, cujos produtos se consomem não somente no próprio país, mas em todas as partes do globo. Em lugar das antigas necessidades, satisfeitas pelos produtos nacionais, nascem novas necessidades que reclamam para sua satisfação os produtos das regiões mais longínquas e dos climas mais diversos. Em lugar do antigo isolamento de regiões e nações que se bastavam a si próprias, desenvolvem-se um intercâmbio universal, uma universal interdependência das nações. E isto se refere tanto à produção material como à produção intelectual. As criações intelectuais de uma nação tornam-se propriedade comum de todas. A estreiteza e o exclusivismo nacionais tornam-se cada vez mais impossíveis; das inúmeras literaturas nacionais e locais, nasce uma literatura universal. Em geral, os choques que ocorrem na velha sociedade favorecem de
diversos modos o desenvolvimento do proletariado. De todas as classes que ora enfrentam a burguesia, só o proletariado é
uma classe verdadeiramente revolucionária. As outras classes degeneram
e perecem com o desenvolvimento da grande indústria; o proletariado,
pelo contrário, é seu produto mais autêntico. Podemos dizer também, que o Manifesto
apresenta de não atual hoje, não é a denúncia de caráter explorador do capitalismo, nem a previsão de sua reprodução globalizada, mas sim, o otimismo em relação aos poderes humanos, pois para muitos o ideário marxiano não passa de ?utopias?, o que não concordo e acho que guardado o contexto histórico em que foi escrito, o Manifesto
assim como toda obra de Marx ainda continua atual.


Bibliografia:

MARX,Karl;ENGELS,Friedrich.Manifesto do Partido Comunista.4º ed.SP,Global 1984


Veja mais em: Ciências Politicas

Artigos Relacionados


- O Manifesto Comunista
- Manifesto Do Partido Comunista
- Manifesto Do Partido Comunista
- Karl Marx. In: O Mundo De Sofia
- O Sistema Capitalista E A IdÉia De Classes Sociais
- Ideologia E Ciencia Social
- Centralismo Democrático

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online