PUBLICIDADE

Página Principal : Ciências Politicas


Concepções de Desenvolvimento



Escreva seu resumo aqui..

1. DESENVOLVIMENTO

1.1 CONCEPÇÕES DE DESENVOLVIMENTO

O termo desenvolvimento tornou-se palavra-chave na atualidade e sua busca incessante é prioridade para todos os povos. Desenvolver é o grande objetivo pelo qual se anseia e para o qual convergem os esforços de toda humanidade. Está diretamente ligado ao crescimento, ao progresso e à modernização, tanto que muitas vezes esses três aspectos são confundidos. Faz-se necessário, então, uma reflexão para distingui-los e, a partir daí formarmos nossa concepção a respeito do termo desenvolvimento.
Crescimento é um fenômeno natural, que decorre de fatores favoráveis. Sob o ponto de vista econômico é o aumento quantitativo na produção de bens e serviços e ocorre de forma deliberada.
Já o progresso tem uma concepção mais filosófica, é carregado de positivismo, se baseia na crença de que, haja ou que houver, o futuro será melhor que o presente, que as coisas, espontaneamente tendem a melhorar.
A modernização, por sua vez, prevê a adoção de padrões de consumo e de tecnologia avançada. Não prioriza as transformações econômicas e sociais; geralmente gera conflitos, pois se volta mais para as camadas sociais e regiões mais ricas.
O desenvolvimento, por outro lado, é algo mais complexo, gera transformações profundas, abrange a totalidade do ser humano e implica no envolvimento de toda uma sociedade, que se desenvolve de forma integrada, planejada, global. É um processo que leva à dinamização econômica aliada à melhoria da qualidade de vida para todos.
O desenvolvimento, ao contrário da teoria filosófica do positivismo, não é ?dádiva?, é construção. È obra coletiva, conscientemente buscada.
O desenvolvimento, no atual estágio da globalização é resultado direto da estrutura e mobilização das sociedades locais e seus atores, com base nas suas potencialidades e na matriz cultural, definindo e explorando suas prioridades e especificidades, buscando a competitividade num contexto de rápidas e profundas transformações.
(BUARQUE, 1999)

O tema desenvolvimento tem conotação econômica, pois foram os economistas os primeiros a estudá-lo. Os Estados Unidos da América, se baseando nesses estudos, se apresentaram ao mundo como a nação mais desenvolvida, usando como único critério a renda per capita que ultrapassava em muito a de outros países mais prósperos. Isto fez com que se tornassem referência para o mundo. Desenvolver-se passou a significar imitar o modelo americano, se aproximando de sua prosperidade material. Em nosso país, esse tema passou a figurar no repertório de Juscelino Kubitschek.
Formou-se então uma idéia economista, quantitativa e criou-se o subdesenvolvimento, que era uma etapa atrasada do desenvolvimento. Para desenvolver era necessário acelerar o crescimento econômico. Teríamos, então, uma concepção de desenvolvimento que poderia ser retratada dessa maneira:

Países desenvolvidos (alta renda per capita)

Especialistas de outras áreas do conhecimento como filósofos, sociólogos, historiadores, cientistas políticos e sociais, começaram a estudar o ?desenvolvimento? e trouxeram contribuições valiosas para analisar esse fenômeno. Passaram a questionar essa visão puramente econômica. Verificou-se então, que a renda per capita tem sua importância, mas que o padrão e a qualidade de vida devem ser vistos e analisados também por critérios sociais, culturais, políticos e morais. Passou-se a ter uma visão da totalidade das inter-relações que se operam na sociedade e entre os países.
Um exemplo claro que pode ser citado são os Estados Unidos, até hoje maior exemplo de desenvolvimento, renda per capita altíssima, padrão de vida populacional elevado, baixos índices de analfabetismo, de mortalidade infantil, elevada expectativa de vida. Porém, se analisarmos outro aspecto, veremos que nem mesmo os Estados Unidos são totalmente desenvolvidos, pois, se todos os países colocassem na atmosfera a mesma quantidade de CO2 que os americanos, nosso planeta não existiria mais.
A partir do momento em que se compreende a estrutura do fenômeno desenvolvimento-subdesenvolvimento, se percebe que sem mudanças profundas estruturais, não há desenvolvimento. Passa-se a entender o desenvolvimento e o subdesenvolvimento como aspectos do mesmo fenômeno que vinculados, interatuam mutuamente e o resultado é a divisão do mundo em países ?industriais? e ?atrasados?. Dentro do subdesenvolvimento ainda há a repetição dessa divisão em áreas avançadas e modernas e grupos primitivos e dependentes. Mas podem ser compreendidos como um sistema único, onde um não existe sem o outro. A raiz do problema está no tipo de relação que um mantém com o outro. São essas relações de dependência econômica, política e cultural que caracterizam o subdesenvolvimento.
O desenvolvimento é um processo de transformação global, deve ser desejado por todos. Implica em mudanças quantitativas e qualitativas da sociedade, que devem ser operadas nacional e internacionalmente.
Como dizia Paulo VI, em 1968, ?é para todos e para cada um, a passagem de condições menos humanas a condições mais humanas?. Ou ainda como nos colocou Fonseca (1968, p.105) ?mais importante do que a renda por cabeça, é a própria cabeça, a qual é atribuída tal redá?. A chave do desenvolvimento se encontra na valorização do homem, através do seu aperfeiçoamento moral, cultural e técnico. Só assim haverá transformação global da sociedade e progressiva melhora para todos.
O subdesenvolvimento implica exatamente na ausência dessa valorização e dessas melhorias, é condição existencial de desumanismo, enquanto o desenvolvimento é crescente humanização.


Veja mais em: Ciências Politicas

Artigos Relacionados


- Pib
- O Sucesso Do Crescimento Econômico Chinês
- O Desenvolvimentismo E A Teoria Da Cepal: Auge E Crise
- O Que É GlobalizaÇÃo
- Fundo Europeu De Desenvolvimento Regional
- Teoria Neomalthusiana
- Agenda 21 - Seção I - Dimensões Sociais E Econômicas

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online