PUBLICIDADE

Página Principal : História


Festa em Ruão



1550 ? A FESTA EM RUÃO Nos dois primeiros dias de outubro do ano de 1550, a cidade francesa de Ruão sediou uma ?Festa brasileira?. O rei Henrique II estava acompanhado de Catarina de Médicis e sua corte. Houve a simulação de um combate entre tupinambás < tamoios> e tabajaras. Os marinheiros franceses estavam vestidos, quer dizer, ?despidos de índios?. Com a participação de cinquenta ? naturais selvagens trazidos do Brasil a festa impressionou a todos. Na página 168 do livro ?Vinte Luas? lê-se: ?Os marinheiros , tendo frequentado o país, falavam tão bem a língua e exprimiam tão naturalmente os gestos e maneiras dos selvagens que pareciam nativos do mesmo país?. Foi armado um grande cenário ao ar-livre representando a floresta brasileira, com frutas silvestres, pássaros exóticos como os papagaios, macacos, saguis, etc. Também o corte e transporte de pau-brasil foi encenado. As danças frenéticas e esfumaçadas foram coreografadas e , segundo os registros: ?As damas da corte, mostraram rosto alegre e sorridente diante dos trezentos homens nus bronzeados e hirsutos?. O espetáculo foi tão bem sucedido que foi repetido no dia seguinte. Entre os ilustres expectadores estavam Maria Stuart, rainha da Escócia, Diana de Poitiers, amante oficial do rei, e Margarida de Navarra, a autora de Héptameron. Os índios ficaram alojados na ?Isle du Brésil?, número 17 da rua Malpalu. Essa casa ainda existia até o século XIX, quando foi destruída num incêndio. Partes de suas vigas esculpidas representando cenas brasileiras, foram preservadas e podem ser visitadas no museu de antiguidades de Ruão. Não se sabe o que teria acontecido com os cinquenta índios após a festança. No ano de 1564, em Troyes foi realizada uma festa com índios brasileiros em homenagem a Carlos X. É bom lembrar que neste ano a batalha pela conquista do Rio de Janeiro estava esquentando na Baía de Guanabara. Costuma-se dar a conotação de que os tamoios tinham como aliados os franceses, porém a presença francesa neste período era desprezível. Os tamoios dançavam na França para alegrar os franceses e ?dançaram?< foram massacrados> aqui sem o devido e merecido apoio francês. Não é a toa que alguns historiadores chegaram a chamar Villegaignon de ?O Caim da América?. Tupi.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- A Ocupação Do Brasil. In: O Povo Brasileiro
- Ballet - Historia Da Dança Classica
- Aldeias Cariocas
- A Colonização Brasileira
- Expansão Territorial Do Brasil E Os Tratados De Limites
- Brasil De 1500 A 1530.
- Joanna D´arc

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online