PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


O SENHOR DO TEMPO



Frederick Winslow Taylor, nasceu em 1856, na Filadélfia, no
estado da Pensilvânia, era filho de um rico advogado da região, ainda quando
estudante um professor de matemática em suas aulas costumava passar explicar a matéria
e passar exercícios, nascia assim à obsessão de Taylor pela questão do tempo,
costumava ele terminar primeiro que seus colegas costumava comparar o tempo
gasto por diferentes pessoas para execução da mesma tarefa.

Taylor pretendia estudar direito em Harvard, mas problemas
de visão o impediram, em 1875, começou então a trabalhar como operário de uma
fabrica de bombas a vapor, com 22 anos foi contratado por uma Metalúrgica na Filadélfia
a Midvale Steel Company, inicialmente trabalhou na linha de produção, dois anos
após passou ao cargo de gerente, isto ocorreu devido a sua obsessão pelo
aumento na produtividade, em breve ele teria problemas com seus subordinados
por exigir destes um trabalho alem do habitual.

No ano de 1881, realizou seu primeiro ?estudo do tempo?, que
seria a base para seu método.

Observando e cronometrando o tempo gasto pelos trabalhadores
em suas atividades iniciou sua busca pelo ?melhor
jeito de fazer?, para tanto envolvia desde a ferramenta até o próprio trabalhador,
em 1884, após formar-se em
engenharia Taylor foi promovido à chefia de Midvale, desde
então ele padronizou um tempo para os operários realizarem uma determinada
tarefa.

Sua teoria não previa apenas o aumento da produção, mas também
recompensar o trabalhador pelo esforço realizado, desta forma o que mais
produzisse ganharia um bônus.

Em Midvale, iniciou também a divisão por hierarquia, onde os
cargos de chefia ficavam encarregados do planejamento e da direção e ao operário
ficavam reservadas as tarefas meramente repetitivas, que eles teriam de
desenvolver sem questionar ou pensar.

Em seu livro Princípios
de administração Cientifica fica claro que para ele um trabalhador fabril
seria comparável a um animal.

Devido às mudanças, Midvale dobrou a produção, com o sucesso
em 1890 Taylor pediu demissão, tornando-se diretor geral da Manufacturing
Investment Company, produtora de papel na Filadélfia.

Neste período começou a visitar empresas oferecendo seus
serviços, tornando-se um pioneiro na profissão de consultor, seus atendimentos
iam de fabricas a lojas, a partir de 1893, demitiu-se para dedicar-se apenas a
atividade de consultor.

Em 1898, Taylor foi chamado para trabalhar em uma metalúrgica,
Bethlelhem na Pensilvânia, que tinha o maior conjunto de maquinas do mundo,
devido a suas idéias ao final de três anos a metalúrgica havia triplicado sua
produção e os operários tinham um aumento de 60% em seus salários, este caso
tornou Taylor famoso nos Estados Unidos, com a diminuição dos trabalhadores,
onde, por exemplo, no caso dos carregadores que anteriormente contavam com 500
trabalhadores, ficaram apenas 140, devido a isto o setor de moradias da empresa
teve prejuízo Assim no ano de 1901 Taylor saiu da empresa, não retornando mais
a empregos convencionais.

Com a criação dos primeiros cursos de administração em Harvard
em 1908, baseou-se parte do currículo ao taylorismo, neste período seu
idealizador realizava palestras e divulgava suas idéias.

Seu método chegou as fabricas de armas, mais uma vez gerando
revolta nos trabalhadores, que organizaram greves e protestos gerando grande
confusão, o que atraiu a atenção do congresso, em 1912 Taylor foi chamado a
Washington por diversas vezes a fim de explicar seu método aos deputados, o que
o deixou mais famoso ainda, sua saúde acabou ficando debilitada e no ano de
1915, morreu de pneumonia, com 59 anos deixando uma viúva e três filhos
adotivos.

Vários estudiosos vem criticando sua teoria que se expandiu
por todo o mundo, suas idéias no período em que foram criadas ajudaram a
perpetuar o capitalismo que frente a Revolução Industrial iniciada no século
18, onde com o aumento da oferta e do consumo as indústrias não davam conta da
produção, porem em 1880, o consumo começou a diminuir, com isso os donos dos
meios de produção tinham que conter os gastos, o que tornou o taylorismo
famoso.



Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Teoria Do Estudo ?tempos Modernos? De Taylor
- Taylor E Adminstração -taylorismo Ou Administração Científica
- Teoria Geral Administração
- Taylorismo
- Flexibilidade é Tudo
- Integrantes Do Queen Estão No Novo Disco Do Baterista Do Foo Fighters
- História Geral E Brasil

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online