PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo



A obra de Max Webber ? ?A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo? ? está intimamente ligada às idéias que sustentaram o surgimento do capitalismo moderno. Os ideais da doutrina Calvinista (abordados no livro) deram suporte religioso e, conseqüentemente, suporte social para o desenvolvimento desse sistema econômico. Para entender tal processo, é preciso considerar a substituição do ideal católico pelo protestantismo e a estreita ligação do último com as mudanças nas atividades econômicas da sociedade no século XVII - o século precedente à Revolução Industrial. A cultura de negócios antes do advento da modernidade capitalista era caracterizada pelo ?método tradicionalista?, no qual os negócios eram regidos por boas relações entre os concorrentes, os ganhos eram moderados (não se almejava mais do que o suficiente para suprir as necessidades básicas) e a produção era prioritariamente campesina. Tal comportamento referente às atividades produtivas estava vinculado à idéia bíblica pregada pelo catolicismo de que a riqueza é um grande obstáculo para a ascensão espiritual. Em decorrência de semelhante idéia, as pessoas não alimentavam o desejo de obter lucro; mais do que isso: o desejo de lucro era considerado vil. Um novo ideal econômico se consolidou com a doutrina calvinista, que passou a glorificar os abastados materialmente, se referindo a eles como os escolhidos de Deus para gerirem os recursos da sociedade. Uma das passagens bíblicas usada como argumento religioso foi a ?parábola dos talentos?, a qual dava a entender que cada qual teria de prestar contas a Deus pelo uso feito dos recursos sob seu usufruto, sendo imprescindível multiplicá-los. Tais preceitos religiosos também incitaram os homens ao trabalho árduo (mesmo com baixos salários), logo, os empreendedores transformaram os camponeses em operários, selecionando os mais aptos para trabalharem nas indústrias. Apesar disso, os resistentes eram coagidos para contribuírem com os empreendimentos. Enfim, a obra trata do vínculo que o ideal religioso pregado e aceito pela sociedade tinha com a política econômica emergente na conjuntura acima descrita. Contudo, é importante lembrar: somente através das descobertas tecnológicas da época, foi possível a Revolução Industrial e, consequentemente o nascimento do Capitalismo Industrial.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- A ética Protestante E O Espírito Do Capitalismo (prefácio), Max Weber
- A ética Protestante E O Espírito Do Capitalismo
- Capitalismo
- Origens E Características Do Pensamento Liberal
- Capitalismo Monopolista
- O Que é Sociologia
- A Ética Protestante E O Espírito Do Capitalismo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online