PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Indíos - Civilização e sociedade



Índio e Civilização

?Índio: Parcela da população brasileira que apresenta problemas de inadaptação à sociedade, motivados pela conservação de costumes, hábitos ou meras lealdades que a vinculam a uma tradição pré-colombiana?.


O conceito de cultura e civilização surgiu na Europa e desde seu inicio já havia diversos significados para ambos dentro das sociedades. Pode-se dizer que a cultura está relativamente ligada ao conjunto de valores, particularidades que cada população tem e o termo civilização seria o resultado desses inseridos na sociedade.

Hoje em dia já se tornou rotineiro encontrar um índio vestido com roupas e isso tem levantado um assunto de que a sociedade indígena já não é mais a mesma, que perdeu grande parte de seus valores já que de alguma forma se deixou ?seduzir? pela cultura do homem branco. O fato é que não se pode isolar essas comunidades, pois assim como cultura e civilização evolui, eles também vem tentam uma socialização maior, já que durante muito tempo ficaram excluídos de toda essa aculturação.

Índios e Nossa Sociedade


Existe um grande abismo entre a sociedade civil e os índios que vivem no Brasil, mesmo quando as aldeias são próximas aos grandes centros urbanos, como acontece em São Paulo, à distância parece enorme, ainda os vemos com uma enorme diferença. Isso é natural, já que fomos habitados com esta idéia, deste a época da escola quando se estuda sobre o descobrimento do País.
Por muito tempo eles viveram totalmente isolados, e ainda hoje, existem aldeias que não aceitam a aproximação dos ?homens brancos?. Mas com mudança geográfica que vêm acontecendo em nosso país esta aproximação está cada dia maior e sendo inevitável.
Há uma grande diferença entre costumes e modo de vida deste povo, não só em relação com a nossa sociedade, mas também entre eles. Isso se reflete, na organização social, na linguagem, nos rituais e na permissão ou não, de aproximação tão temida por alguns.
Mas a união entre eles é algo muito forte ainda, mesmo os que não aceitam interação com nossa sociedade, se organizam de forma que as aldeias indígenas, mesmo de tribos diferentes mantenham contato.
A maioria luta pela preservação da sua cultura e resiste, mas em São Paulo, até mesmo pela sobrevivência da tribo Guarani, se faz necessária esta aproximação, que foi feita de forma graduação e crescente.
No decorrer da história existiu sempre uma tentativa de integração com os índios através do ensino da língua portuguesa. Eles foram introduzidos às escolas para aprender a ler e a escrever sempre em português.
A preocupação da preservação da linguagem indígena, somente de pouco tempo pra cá, sentiu a necessidade da preservação, afinal a língua estava morrendo com os antepassados, já que as crianças eram alfabetizadas em nossa língua. Mesmo assim, nunca foi de grande importância o ensino da linguagem de indígena e este aprendizado esta em defasagem.

A Constituição Brasileira<1> assegura a igualdade entre brancos e índios, e a preservação e conservação da língua indígena enaltece e garante este ideal. A escola é somente parte disso, esta consciência de preservação tem que vir dos dois lados e, principalmente dos índios, pois a existência desta cultura tão rica tem ter uma grande manutenção e muita força de vontade.



<1> Constituição da República Federativa do Brasil promulgada em 5/10/1988 - Destaca: "Artigo 210 - 2º - O ensino fundamental regular será ministrado em língua portuguesa, assegurada às comunidades indígenas também a utilização de suas línguas maternas e processos próprios de aprendizagem". - Portaria Interministerial MJ/MEC N°559, de 16.4.91 Cria a Coordenação Nacional de Educação Indígena e dá providências correlatas. Destacamos: Artigo 1º - Garantir às comunidades indígenas uma educação escolar básica de qualidade, laica e diferenciada, que respeite e fortaleça seus costumes,tradições, línguas, processos próprios de aprendizagem e reconheça suas organizações sociais. Artigo 5º - Estimular a criação de Núcleos de Educação Indígenas nas Secretarias Estaduais de Educação, com a finalidade de apoiar e assessorar as escolas indígenas. Parágrafo único - Esses núcleos deverão contar com a participação de representantes das comunidades indígenas locais atuantes na educação, de organizações governamentais e não governamentais afetas à educação indígena e de universidades. Artigo 7º - Determinar que os profissionais responsáveis pela educação indígena, em todos os níveis,sejam preparados e capacitados para atuarem junto às populações étnicas e culturalmente diferenciadas.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Indio E Computador
- Legislaçao 03
- Dos Índios. In: Curso De Direito Constitucional Positivo
- ?peguei Um Copo De água E Joguei Nele Porque Não Tinha Flecha?
- O Índio No Brasil
- Casa-grande & Senzala
- Aculturação Indigena

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online