PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


"Mulheres Negras - Eternas Prisioneiras da Cor da Pele"



Não obstante o Brasil ser um País formado da miscigenação de várias raças, o preconceito existe, principalmente com relação a raça negra. É o tipo de preconceito mais repugnante que pode existir, pois se reveste de disfarces e dissimulações, ou seja, é um preconceito velado, o qual as pessoas não têm coragem de assumir e nem de dizer abertamente que são preconceituosas.
A realidade da raça negra, que tanto contribuiu para a formação étnica e cultural do Brasil ainda é muito dura e cruel, as chances de concorrencias e conquistas e de conquistas não são iguais e são raras as exceções. Se o homem negro sofre todo o tipo de discriminação racial, as mulheres negras são as mais penalizadas, pois enquanto a mulher branca sofre discriminação apenas por ser do sexo feminino, tido como sexo frágil, e icapaz, a mulher negra sofre duas vezes mais, em razão do sexo e também pela cor da sua pele e faz parte de um contigente de mulheres para as quais os anúncios de emprego há bem pouco destinavam a seguinte frase: "Exige-se boa aparência" ( proibida por lei por ser considerada discriminatória), nenhum direito especial as assiste e nenhum estatuto ou norma as protege. Apesar de ser parte de um contigente de mulheres ignoradas pela sociedade, a mulher negra, tal qual a mulher branca, também é dotada de capacidade e tem o seu valor, apenas são impedidas de demonstrar, devido ao fato de que até hoje ainda permanecem prisioneiras da cor da pele.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- A Questão Do Preconceito & Da Discriminação No Brasil
- Políticas Públicas às Mulheres
- Quem é Negro, Quem é Branco
- Será O Fim Do Preconceito Racial?
- Todos Os Dias Das Mulheres !
- A Mulher
- A MÃo Preta De Obama

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online