PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


BRASIL: UM PAÍS DE TODOS?



Não sou escritor, nem poeta, nem sociólogo, nem político, nem jornalista, etc. Sou igual a você que porventura esteja lendo este texto. Fiz tudo que me mandaram fazer: passei quinze anos dentro de uma sala de aula, mais cursos adicionais, que só eu sei como foi difícil conseguir isto. Arrumei meu primeiro emprego em 1980 e nunca mais parei de trabalhar. Inclusive 27 anos numa única empresa. Um profissional de primeira e que estabilidade hein!!Férias eu não sei o que é; viajar e conhecer lugares, quase nada. Conheço um pouco do Estado de São Paulo, Minas, Rio e Paraná. Mas graças a Deus eu conheço um país estrangeiro, o Paraguai. Legal né! Mas infelizmente também fui a trabalho: comprar muamba pra revender e ganhar um "dinheirinho" (coisa de pobre), que na realidade só me deu prejuízos. Nem sei como entrei nessa, uma porcaria! Mas a vida é bela e eu consegui comprar um terreno em Sto. André/SP (lá onde o Judas perdeu as botas), e com ajuda da família, construímos uma casa: o sonho de todas as famílias. Ah! comprei também meu primeiro carro em 1982, uma variant 74. Muitas coisas se passaram e estou em 20 de fevereiro de 2008. Aos 47 anos construindo a casa que será realmente minha, na cidade de Atibaia/SP. e que será meu último empreendimento. Ah! apenas pra lembrar, hoje tenho também um monza 86 SLE. Resumindo: consegui comprar dois terrenos, uma casa simples pra mim, já que a outra ficou pra família; alguns carros usados em toda minha trajetória de trabalho; cuidei no que foi possível da minha família; crie dois sobrinhos e mais um filho de amigos meus; ajudei muitas pessoas (sou solidário e muito pelo social) e acho que só. Ai você deve estar pensando este cara é um frustrado. O pior que não. Sou feliz e me sinto realizado. Sabe por quê? Percebi cedo que a estrutura que passaram pra mim, como sendo a chave para o sucesso, já estava falida há muito tempo. Dai não levei tudo aquilo muito a sério. Percebi que seguindo a cartinha só poderia ter mesmo uma cama pra dormir, um prato de comida e uma caramga velha pra andar. Mas sabe o que realmente me incomoda: é a situação do povo brasileiro. Um país rico e um povo tão miserável. Onde eu posso me considerar um privilegiado. Doe você ver tantas crianças, trabalhadores e velhos ao Deus dará. Vítimas de vagabundos que estão no poder roubando o que seria para elas e para eles. Como dizia o Cazuza: eu queria ter uma bomba e poder acabar com tudo isto. Às vezes chego a pensar que um comando terrorista é necessário pra intimidar essa cambada. Porque vergonha e moral eles não tem. Às vezes me sinto culpado por não poder fazer nada. Gostaria de ser um super herói, ter poderes e resolver num passe de mágica os problemas do nosso povo. O Brasil não é um país de todos e sim de poucos e poucos da pior espécie. Salve o Brasil.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Nossos Filhos Nossas Maiores Riquesas
- O Que Fazer Com A Criminalidade?
- A Árvore Dos Problemas
- A Filosofia Na Natureza!
- Um Velho Cansado De Ser Brasileiro
- A Minha Filosofia De Vida
- Houve Um Dia

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online