PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Infância roubada, não existe volta




O Brasil encontra-se diante de uma situação econômica e socialmente deplorável, onde a menor parte da população é privilegiada com rendas altíssimas, no entanto a maior delas ?vivem? em precárias condições humanas, ou por que não, desumanas?
Diante desta desigualdade sócio-econômica onde famílias de baixa renda não encontram outra alternativa a não ser a de encaminhar seu filhos cada vez mais cedo ao trabalho, obrigando-os a ter que ajudar na renda do lar e introduzindo-lhes ao mesmo tempo a um senso de responsabilidade fora de seu tempo,muitos tendo até que deixar de estudar,pois não há tempo ou força física e mental para suportar a jornada de trabalho conciliada à escola.Crianças com suas infâncias roubadas, violentadas, sucumbidas. Não tendo o privilégio de crescer na sua própria inocência, cujos corpos tão pueris, convivem com mentes amadurecidas a carbureto, como as mangas do seu quintal, para quem tem quintal, é claro (assim como essas mangas apodrecem cedo as pessoas também).
A dura e cruel realidade é que as cicatrizes cravadas e os ferimentos que rasgam não a pele, mas a inocência e a esperança de cada uma dessas crianças, simplesmente passam despercebidas aos olhos da sociedade, lembradas apenas quando vistas nos meios de comunicação, mais como um propósito de se fazer uma propaganda, como um cartão de visitas, talvez seja para soar um grito sufocado ou mesmo como uma forma de protesto; protestar apenas não é tudo,não se resolve o ?q? da questão. Pessoas estão olhando como testemunhas, mas apenas olham como se estivesses lendo a um ?best-seller?,ou assistindo a ?telona?.A cada minuto perdido centenas de olhos desfalecidos, suplicando a Deus para não fraquejar. E há quem diga ainda que não tem nada a ver com isso,pois cada um vem a terra com um destino,uns de sofrer e outros para fazer sofrer. É hilário, para não ser tão pungente nas minhas palavras.
Conclui-se desta forma que, a maior gravidade em meio a essa situação esta no descaso do governo juntamente com a sociedade economicamente dominante e a classe dominada que se deixa esmaecer. Apresentam-se projetos, propostas e idéias utópicas ou até mesmo irônicas. Precisa-se muito de idéias ou de projetos, mais não apenas no papel é necessário que se tire da cabeça e do coração e se coloque nas mãos de cada cidadão o poder de mudar esta condição tão vergonhosa e ridícula. Saindo do recôndito da hipocrisia para a urgente ação de amor e responsabilidade geral da nação, que deitada em berço esplêndido, eternamente espera. Se continuar esperando vai ver a morte chegar.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- A Tv Como Um Meio Alienador Da Grande Massa
- Uma Vida Disciplinada
- Casamentos Felizes
- Responsabilidade Civil Das Escolas
- Mega Memória ? Problemas Sócio-econômicos Do Brasil No Final Da Década
- A Educação Pode Tranformar A Sociedade?
- Redução Da Maioridade Penal

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online