PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Biografia DOS DESCONHECIDOS



Há anos frequento livrarias, fazendo mensalmente uma garimagem de livros, procuro titulos fortes, e leio o resumo na capa final para uma preliminar do contéudo do livro.

Um certo dia, ao entrar e circular por uma livraria, supreendentemente eu fiquei parada diante da prateleira das biografias. Durante anos li diversas biografias, algumas de pessoas que revolucionaram o mundo com suas descobertas e filosofias e, outras que praticaram violências, como genocidio ou outras formas de atrocidades contra o ser humano. Creio que neste dia sentia-me frágil, e o sentimento de solidariedade ao próximo aflorou com mais vigor em mim, e assim, quando me deparei com a biografia de um deposto, e subitamente senti uma profunda tristeza ao lembrar de suas vitimas.

Existem livros distribuidos pelo mundo que descrevem a vida e ascenção daqueles que destruiram paises e familias em nome de sua ideologia e pelo sabor do poder. Mas, onde estão as biografias de suas vitimas? - aquelas que sofreram torturas, desfigurações que os levaram a morte sem um motivo lógico e real. Vidas interrompidas pela ganancia, ambição do poder absoluto e o desejo supremo de governar o mundo.

Sentimentos desiguais invadiram minha alma, como se aquele livro enaltecesse os feitos do famigerado e, eu fosse uma de suas cúmplices nas atrocidades acometidas.

Lembrei-me de cada líder tírano, ditador, serial killer ou criminosos famosos que conheci por intermedio de um livro, e notei que desconheço quem são verdadeiramente suas vitimas, cujas vidas foram ceifadas por razões torpes. O mais aterrorizante, e que não recordo seus nomes. Pois ao final de cada leitura, sabemos tudo sobre o famigerado, ficamos comovidos com as vitimas descritas no livro, mas elas permanecem desconhecidas. Será que o poder realmente corrompe o coração do homem? - e continuei a me perguntar - Isto pode ocorrer com qualquer pessoa?

Como resposta recordei da frase de um escritor famoso: a perversidade é um dos impulsos primitivos do coração....

Poderia o desejo de poder fazer com que este impulso cresça em nosso íntimo e feche nosso olhos para as virtudes?

Permaneci inerte diante das prateleiras e, de repente me assustei com o toque em meu ombro.

_Posso ajudá-la? perguntou a vendedoa.

Fitei seus olhos sem compreender as palavras, para mim era um idioma indecifrável, e quando sai do transe, organizei meus pensamentos e menti, pois a verdade seria loucura para ela.

_Perdoe-me, minha pressão caiu e fiquei atordoada.

Segui para a porta de entrada da livraria sob os olhares dos clientes curiosos que circulavam. Entrei no carro e dirigi em direção a minha casa.

No dia seguinte, recostada na cabeceira da cama lembrei da noite dificil, envolta em pesadelos e tormentos que afligiram meu sono. E a pergunta que não queria calar era:Como revelar os verdadeiros herois da história, que não foram codjuvantes e sim protagonistas?.....


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Cristo Fala Dois Mil Anos Depois
- Crônica / Pesadelos
- Brasil: Um PaÍs De Todos?
- Meu Pai
- A Mentira Descoberta
- The Secret
- Como Quebrar O Vício De Seus Filhos Por Videogames?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online