PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Feminino/Masculino



INTRODUÇÃO

O impacto da revolução feminista é fundamental para que se entenda a diferença sexual tal como ela se apresenta hoje para nós. Foi-se o tempo em que ser mulher ou homem bastava para que determinado número de atributos sociais ou subjetivos fossem conferidos ao indivíduo.

Cem anos de psicanálise e feminismo, se não contribuíram para superar assertivas de divisão de espaços e papéis, ao menos amenizaram sua incidência na população. Campos muitas vezes antagônicos, nas vozes de seus principais atores: Freud e o Feminismo, fato é que a Psicanálise também contribuiu para a legitimação do desejo de liberação das mulheres oprimidas.

O levantamento do recalque do desejo tem efeito de subversão da censura a qual o universo feminino estava submetido. As considerações iniciais de Freud sobre a sexualidade feminina continua sendo o principal ponto de embate e resistências para a difusão da Psicanálise na cultura. Reconhecer o valor da palavra da histérica, ato fundador da Psicanálise, incidiu diretamente na autenticação da expressão do desejo sexual das mulheres, ou seja, de metade da população malfadada a posição de objeto do desejo masculino.

Hoje conseguimos rir das considerações de autores do século XVIII e XIX sobre a desigualdade sexual; ou fazer ouvidos moucos a mostras de misoginia escrachada; ou mesmo revelar essas falhas presentes nos tão sábios, que pareciam ter certeza sobre a dita diferença sexual como marca definitiva que auferia inquestionável identidade. Embora, quando surge a obra de Freud, a cultura ocidental já tinha perdido muitas de suas certezas pré-modernas, a vida privada e a construção da identidade passaram a ser a regra, o que delegava certa liberdade de escolha aos indivíduos, como decisão pessoal de ser homem ou mulher.

A psicanálise surge para mostrar que a liberdade de escolha é ilusória. Freud chama de inconsciente o que os antigos chamavam de destino: ?Por castigo dos deuses, furiosos com nossas pretensões onipotentes, cada um de nós perdeu a sua metade, e andamos por aí soltos ao seu encalço?. O mito platônico ainda rege as relações humanas, observa Freud. Essa faceta da cultura sobrepõe homens e mulheres às figuras parentais e à soberania da cena familiar.

Haveria sujeito homem e sujeito mulher? Quais seriam as suas condições de singularização? A ciência nos últimos 50 anos define geneticamente nosso sexo. Nos anos de 1930, religiosos, artistas e cientistas já vaticinavam essa gestão cientifica das condições de representação do ser humano. Avanços relativos ao advento de eficazes métodos contraceptivos liberam a mulher para o sexo e o homem para o seu usufruto com quem realmente ama. O próprio desejo sexual passa a ser afetado por suas descobertas e invenções.

O que autoriza a Psicanálise a falar sobre o tema da sexualidade é aquilo que a paciente testemunha. Não se deve esquecer que a Psicanálise foi também e, sobretudo, a escuta do sofrimento das mulheres. Hoje essa discussão parece um pouco deslocada para a questão da diferença sexual. No tempo de Freud, insígnias de pertença eram ativamente produzidas e recusas de enquadramento a tradicional ordem sexual eram constantemente reprimidas.

Palavras e símbolos que tentem dar conta da sexualidade são sempre insuficientes além de manter continua e ansiada busca por um referente último da diferença como um saber a priori, que será sempre, por princípio, dogmático. Hoje a diferença sexual está na berlinda, cabe a nós indagarmos seus propósitos. Se se constitui como referente para a existência coletiva, cabe interrogar sua função na enunciação do desejo e do inconsciente.



Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Biopatografia
- Sigmund Freud. In: O Mundo De Sofia
- Pernas Inquietas E A DissociaÇÃo NeurÓtica Da Personalidade
- Freud, A Educação E As Ilusões (psico Pedagógicas)
- Esquizofrenia NÃo Cura Com Punheta
- Agressões Sexuais InfantÍs E Os Desejos Ego DistÔnicos
- Orientação Sexual Com ?jeitinho? Brasileiro: Uma Análise Antropológica Da Intervenção Escolar Na Soc

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online