PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Métodos em Pesquisa Social



1- A nova sociologia

Os métodos de pesquisa dos factos sociais veêm assumindo, progressivamente, uma relevância maior na avaliação da validade das informações recolhidas em diversos campos da acção humana; a interpretação e apreciação da veracidade requer conhecimentos aprofundados em métodos de pesquisa social, o que constitui um progresso da ciência sociologica.

O conflito com a ciência

O debate acerca do estatuto científico da sociologia opunha concepções diferentes, sendo os seus pontos fulcrais a mutabilidade e complexidade do comportamento humano, bem como a subjectividade inerente aos observadores e aos sujeitos observados.

Sendo a previsão do comportamento social comum a todos os homens, o estudo do comportamento repetido, observável e simplificável constitui o objecto da investigação sociólogica.

Julian Huxley fundamentou a analogia da sociologia com outras ciências na formulação de hipóteses e na forma básica de agir e interpretar os factos.

Progressivamente, a sociologia foi aperfeiçoando os métodos de investigação até atingir um grau de precisão que gera uma conformidade geral da aceitação da sociologia como ciência.

O significado do ponto de vista científico

A aceitação geral da sociologia como ciência gerou um incremento global das ligações de vários sectores da sociedade à sociologia.

Técnicas e métodos

A adaptação de técnicas e métodos de outras ciências à investigação social constituem um sinal da maturidade da sociologia.

O contínuo aperfeiçoamento de técnicas específicas (entrevistas, escalas) na investigação dos factos sociais assinalam de forma inequívoca um progresso.

2-Ciência : teoria e facto

Essencialmente a ciência é um método de abordagem do mundo que é passível de experimentação pelo homem; o seu objectivo é interpretar e compreender o mundo que o rodeia.

Teoria e facto

Em termos científicos o conhecimento implica uma inter-relação entre a teoria e os factos; a teoria refere-se à articulação e à previsão dos factos empiricamente verificáveis; a concepção popular identifica geralmente a teoria com a especulação e encara os factos como definitivos e eternos

2.1) O papel da teoria

Orientação

A teoria delimita o campo de estudo do objecto da investigação determinando o ângulo da observação (económico, político,físico, etc.) e a relevãncia dos factos.

Conceptualização e classificação

Cabe à teoria a definição conceptual dos factos através do uso de um vocabulário específico do objecto de estudo; esta definição implica um sistema de classificação organizada em função da importância dos factos.

Resumo

A teoria procura sintetizar as informações recolhidas acerca de um determinado objecto;

Essas sínteses podem ser efectuadas através de generalizações empíricas, isto é, relações teóricas simples, resultantes da adição de dados, ou, em função da complexidade de um grupo de proposições, as sínteses podem ser efectuadas através de sistemas de inter-relações entre as afirmações de forma a integrá-las no seu sentido global.  

Previsão de factos

A observação de uma determinada ocorrência numa certa situação origina uma genralização baseada nesse padrão que permite a previsão dos factos;

A previsão baseia-se num padrão estabelecido em todos os casos conhecidos.

Identificação de lacunas no conhecimento

Ao estabelecer relações entre os factos e sobre eles fazer previsões, a teoria indica-nos as falhas ou deficiências do nosso conhecimento;

A perspectiva global que nos é fornecida pela teoria permite-nos identificar os factos que devem ser investigados.

2.2)O papel dos factos

Iniciação da teoria

Os factos são o fundamento de qualquer teoria já que, apesar da inter-relação entre estes dois factores, os factos antecedem a teoria;

A descoberta de factos novos e imprevisiveis origina a teoria.

Rejeição e reformulação de teorias

Na relação entre a teoria e os factos estes são determinantes uma vez que a teoria é elaborada em coerência com os factos;

A descoberta de factos novos pode originar um desajustamento da teoria aos factos e conduzir à rejeição e reformulação de uma determinada proposição;

Esta nova reformulação teórica implica a inclusão desses factos.

Redefinição e esclarecimento da teoria

Apesar de a descoberta de factos novos poder originar a reformulação de uma teoria, isso não significa que ela esteja necessariamente errada já que, pode até reforçar essa teoria e acrescentar novas questões teóricas.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Metodologia Científica - Guia Para A Eficiência Nos Estudos
- Sociologia
- A Estrutura Das Revoluções Científicas
- Metodologia Das Ciências Sociais
- Ciência
- Metodologia Científica - Guia Para A Eficiência Nos Estudos
- O Que é A História?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online