PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Risco Ambiental e Agricultura de Regadio



PERCEPÇÕES DO RISCO AMBIENTAL ENTRE OS AGRICULTORES DE REGADIO NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA BARRAGEM DO ALQUEVA

A agricultura  de regadio tem tido grandes repercussões sobre o meio ambiente e a saúde pública. Com frequência, os objectivos de desenvolvimento com incidência concentrada no aumento de produtividade têm levado à ruptura da capacidade de recuperação de alguns ecossistemas naturais. Os efeitos negativos da gestão da água na agricultura estão relacionados com os usos da terra e da água, em particular com a usurpação destes aos ecossistemas naturais, com a extracção da água, com a erosão e coma perda da biodiversidade dos solos.

O resultado da investigação resulta da aplicação de um inquérito por questionário a 50 agricultores de regadio nos concelhos de Cuba e Ferreira do Alentejo, cujo objectivo foi analisar as suas percepções do risco ambiental referente à sua actividade.

Da análise do questionário verificamos que estamos maioritariamente falando de agricultores do sexo masculino, detentores de um baixo nível de instrução, com idades superiores a 36 anos e com alguma formação agrícola.

Na opinião da maioria dos agricultores o regadio é o melhor sistema produção que se adapta á região. Também, são de opinião de que fazer agricultura de regadio é cada vez mais fácil devido às inovações tecnológicas.

 No que diz respeito à água utilizada na sua actividade tem origem na maioria dos casos numa barragem. É classificada como satisfatória pelos agricultores embora poucos a mandem analisar. São os agricultores de nível superior de instrução os mais cuidadosos com a qualidade da água.

A análise aos cuidados individuais tidos pelos inquiridos no manuseamento dos produtos fitofarmacêuticos dá-nos conta de que parece existir da parte destes, uma percepção dos riscos que o manuseamento destes produtos acarreta.

Estes produtos fitofarmacêuticos são aplicados, na maioria dos casos, pelos próprios agricultores, e na maioria dos casos são tomadas as percauções necessárias. Dos mais cuidadosos, destacam-se os individuos mais velhos, com nivel de instrução superior e detendo explorações de grande e muito grande dimensão fisica. Segundo os agricultores inquiridos não existem problemas ligados à utilização destes produtos.

Em relação às repercussões da agricultura de regadio no ambiente, estamos perante agricultores com fraca percepção do risco ambiental que a sua actividade pode produzir. Neste ponto já não se trata de riscos que podem afectar apenas o próprio indivíduo, mas de altos riscos na medida em que podem afectar a saúde pública e o ambiente a curto, médio e longo prazo. Também podem ter o efeito de ?boomerang? na medida em que podem afectar quem os produz. Algumas das observações feitas pelos agricultores denota uma certa visão antropocêntrica na sua relação com a natureza.

Da análise efectuada aos inquiridos com percepção ambiental, verifica-se que são os inquiridos mais velhos e mais jovens e de nível de instrução primário onde a percepção do risco é mais acentuada.

Numa configuração topológica das percepções do risco ambiental resultante da aplicação de uma Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) pudemos distinguir duas dimensões

A 1ª dimensão que denominámos  de ?menor impacto na produção?  composta pelas categorias: paisagens, fauna e flora, qualidade dos solos e gestão de detritos.

A 2ª dimensão denominada de ?maior impacto na produção?  composta pelas categorias: salinização e poluição e escassez de água.

Na configuração topológica é fácil observar que as categorias sem percepção se encontram relativamente com valores próximos entre si e por isso mesmo um grupo mais homogéneo. No entanto neste grupo podemos distinguir dois subgrupos um relativo à 2ª Dimensão (salinização e escassez e poluição da água) e outro subgrupo relativo à 1ª Dimensão (paisagens, fauna e flora, qualidade dos solos e gestão dos detritos. Estes dados vêm confirmar a hipótese enunciada de partida de que existem diferenças na percepção do risco ambiental em função dos impactes do respectivo risco na produção

EM SINTESE:

Se, por um lado, os agricultores têm percepção dos riscos que os pesticidas podem ter para a sua própria saúde quando do seu manuseamento, tomando para isso os cuidados necessários, o mesmo não acontece em relação aos riscos ambientais que a sua actividade pode originar. Aqui, a percepção de risco ambiental é na generalidade muito baixa. Os impactes na produção são um factor com influência nas percepções de risco ambiental dos agricultores de regadio.

Um dos factores que também atesta falta de percepção do risco ambiental é o dos cuidados com a qualidade da água, são poucos os agricultores que mandam fazer análises à água e a qualidade da água não é uma das preocupações mais importantes no que concerne ao futuro da sua actividade.

Também a apropriação da terra pela monocultura super intensiva do olival mostra uma ausência de percepção de risco ambiental, na medida em que pode ter impactes negativos no ambiente e não se insere nas boas práticas agrícolas e nos regimes agro-ambientais propostos pela União Europeia.

Pelo nível de percepção do risco ambiental apresentado, estamos em crer, de que estes agricultores não praticam uma agricultura de regadio sustentável.

Acreditamos existirem pelo menos dois factores que condicionam estas percepções. Por um lado, o carácter utilitário que os agricultores têm da natureza associado a juízos de valor, onde os benefícios e prejuízos são ponderados. Por outro lado, a falta de conhecimento dos impactes que a sua actividade pode produzir no ambiente. 

 António Durão


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Licenciamento Ambiental - Introdução
- Representações Dos Jovens Face à Articulação Ambiente/desenvolvimento
- Ética Ambiental
- Portal São Franscisco
- Educação Ambiental Para Quê?
- Palácio De Cristal E Apa Petrópolis: Confluência Civilização Natureza
- Www.chacaradeorganicos.com.b R

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online