PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Exodo Rural & Migração Pendular



Em 1920, apenas 10% da população brasileira viva em cidades.

De acordo com o censo 2000, 81,22% da população é urbana. Esse fenômeno chama-se Exodo Rural e é conseqüência de uma política agrária que modernizou o trabalho no campo e concentrou a posse da terra. Esse processo, aliado a uma industrialização, que permanecia concentrada nas regiões metropolitanas, tornou-as atrativas a emigrantes que se deslocaram para as cidades em condições muito precárias. E no entanto, as cidades receptoras desse enorme contingente populacional não obtiveram investimentos públicos suficientes em ordem de infra-estrutura urbana; passaram a crescer desmensuradamente , com a acelerada construção de submoradias e o surgimento de loteamentos em suas periferias, sobretudo ao redor de bairros industriais. Esse processo reduziu os vazios demográficos que existiam entre uma cidade e outra, levando à formação de regiões metropolitanas _ conjunto de cidades com forte integração socioeconômica, nas quais ocorre o deslocamento diário da população entre os seus municípios; movimento esse, conhecido como Migração Pendular.



Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Mundo Urbano
- Migrações Internas - Brasil
- O Êxodo Rural
- Urbanização ? A Explosão Da Bomba Humana
- As Relações De Trabalho & A Urbanização
- Economia E Demografia
- Censo - Conta Corrigida

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online