PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


Dicas para fazer um relatório parte 2



Organização:

para se conseguir uma apresentação adequada das ideias que se pretendem transmitir, a informação deverá ser distribuida pelo documento de uma forma estruturada, dividindo a apresentação em secções com o significado que se descreve a seguir. Assim, e para além da página do título que deve identificar o(s) autor(s) do trabalho (através do número, do nome e, se necessário, do curso) e o próprio trabalho, o relatório deverá estar organizado segundo a seguinte estrutura:

        - Resumo

        - ìndice

        - Introdução        

        - Descrição (enunciado) do problema

        - Análise

        - desenvolvimento e resultados

        - conclusões e sugestões

        - bibliografia

        - apêndices/anexos 

O resumo, como o próprio nome o indica, deverá ser uma breve descrição do trabalho realizado, definindo objectivos e referindo algumas das conclusões mais relevantes. Imediatamente a seguir ao resumo, poderá eventualmente aparecer uma secção de agradecimentos que deverão ser muito breves.

No índice serão referenciados os capítulos, secções, e subsecções pelas respectivas páginas. Em função da necessidade específica de cada relatório podem-se incluir índices de figuras, tabelas, assuntos etc., que deverão aparecer no fim do relatório, imediatamente a seguir ao último anexo.

Na introdução deverá ser apresentado o ambiente de trabalho, descrevendo e justificando os seus objectivos principais. No caso de ser relevante para o correcto entendimento de todo o trabalho, deverá ser incluída uma breve análise ou descrição de trabalhos/estudos anteriores que tenham servido de apoio ou influenciado o desenvolvimento deste. Deverá, ainda, fazer-se uma breve descrição da estrutura do relatório, isto é, indicar sucintamente o conteúdo de cada uma das secções seguintes.

Na descrição (enunciado) do problema deverão ser apresentados os estudos que precederam o desenvolvimento do trabalho, identificando clara e detalhadamente o problema que se quer resolver e o contexto em que ele surge, ou seja, devem apresentar-se os conhecimentos necessários para que o leitor «entre em sintonia com o tema do trabalho, ficando a entender o «universo do discurso».  

A secção de Análise, surge na sequência do enunciado do problema, sendo seu objectivo fazer especificação formal do trabalho a desenvolver, à luz do método que tenha sido escolhido e claramente identificado no início desta secção.

Na secção de desenvolvimento e resultados deverá ser dado a conhecer ao leitor o ambiente computacional (S.O., linguagens, ferramentas) escolhido para implementar a solução do problema analisado na secção precedente. Depois devem ser referidos todos os detalhes, julgados relevantes, da implementação e devem ser incluídos os dados necessários para se avaliar o programa finalmente desenvolvido (estruturas de dados usados, menus de opções, mapas e outros resultados). Na análise dos resultados deverá ser considerada a comparação dos resultados obtidos durante a execução do projecto com os previstos, clarificando a sua concordância/discordância. Apenas serão incluídos aqueles com interesse directo para a discussão dos resultados.

A secção de conclusões e sugestões occotre na parte final da apresentação do trabalho e, como tal, deve ser feito um breve resumo dos resultados finais e, em função da sua análise, deverão ser apresentadas as conclusões primordiais, bem como considerações e sugestões a adoptar em futuras evoluções do trabalho. Deverá incluir ainda um relato de eventuais problemas encontrados e respectivas soluções (caso tenham existido), fazendo uma análise crítica do trabalho realizado.

Na bibliografia deverão constar todas as obras referenciadas durante o trabalho. As referências bibliográficas poderão ser listadas por ordem alfabética ou de ocorrência no texto, de acordo com a Norma Portuguesa.

Nos apêndices/anexos serão incluídos exemplos de experiencias, descrições de procedimentos e cálculos, listagens etc..



Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Figuras De Estilo - Recursos Estilísticos (parte 1, De A A G)
- Passageiro, Conheça Seus Direitos E Deveres - Parte 2 (deveres)
- Estrutura Do Texto De Apreciação Crítica
- AdministraÇÃo Do Tempo
- Naturistas Europeus Viajarão Nus Para Congresso No Brasil
- Roma Invicta
- Modelo De Apelação/r. Inominado/r. Ordinário

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online