PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


O Século da Biotecnologia



    O texto inicia com um esboço histórico sobre o surgimento da biotecnologia, pode-se informar que foi no século XX, conhecido também como o século da tecnologia pelo fato de ter tido grandes avanços marcantes no campo científico além de uma correlação entre a ciência e ética.

    Seu surgimento se deu quando James Watson e Frances Crick em 1953, descobriram a estrutura duplamente helicoidal do DNA ? Ácido Desoxirribonucléico, a partir dos estudos de difração de raios X desenvolvidos por Wilkins e Franklin. A partir daí ocorreu o desenvolvimento da genômica que é responsável pela decifração do código genético do seres vivos.

    Para se ter uma idéia, atualmente cerca de 85% de todos os investimentos na área da saúde, são destinados a biotecnologia, com intuito de financiar pesquisas em drogas e vacinas à inúmeras doenças como câncer, diabetes, esclerose múltipla, AIDS, dentre outras. 

    Devido aos avanços científico-tecnológicos que avançam rapidamente, surtem efeitos imediatos sobre a vida e a saúde do cidadão, um fato curioso é desabrochou três grandes utopias humanas que são elas: a da eternidade ( aumento da longevidade), da beleza (aumento dos procedimentos cosméticos) e a do prazer (aparecimento de novas drogas que suprimem a dor e promovem o prazer físico e psíquico). O fato é que diante da obsessão pelo corpo perfeito associado aos avanços da ciência, levanta-se um problema paralelo e crescente que são as responsabilidades morais que são determinadas pela intervenção humana, cada vez mais agressiva ao próprio ser humano, exemplo claro é a manipulação da identidade genética.

    Estes avanços que seguem à velocidade surreal, é desproporcional à capacidade de reflexão moral sobre eles e então a discussão sobre os limites da intervenção da tecnologia médica sobre a vida humana se torna distante e angustiante.

    A preocupação maior, segundo o autor, é que a ciência pode ser benéfica e ao mesmo tempo maléfica à humanidade, pois bem se sabe que ela não é ingênua e possui poder que pode sim fazer toda a diferença, podendo voltar-se até contra a própria dignidade do homem, além de erro e fraudes que podem levar a grandes catástrofes.




Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- A PercepÇÃo De Michel Serres Sobre As MudanÇas Na CondiÇÃo Humana
- Introdução. In: Adeus Ao Corpo:antropologia E Sociedade
- Decreto Federal 1171 De 22.06.1994
- O ?olhar? Da Filosofia Na CiÊncia E As ContribuiÇÕes Da EducaÇÃo
- Plato' Do Pensamento
- O Velho E O Novo: Antropologia Física E História Indígena
- Globalização

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online